Embora a maior organização privada de pesquisas ufológicas do mundo, a Mutual UFO Network (MUFON), seja especializada em casos envolvendo aparições de ovnis e alienígenas, às vezes, ela também é solicitada para auxiliar em investigações relacionadas ao mundo espiritual.

Segundo o jornal britânico Express, de quinta-feira (3), um exemplo da atividade ‘extracurricular’ pesquisada pela MUFON pode ser descrito no e-mail que a entidade recebeu de um sujeito anônimo, morador de Carpentersville, no estado do Illinois (EUA).

Na mensagem, o rapaz conta ser assombrado por um suposto demônio. Para provar, ele enviou aos pesquisadores uma foto bizarra.

Publicidade
Publicidade

Nela, a marca de uma mão ‘não humana’, que ele acusa ser de ‘satanás’, parece estampar a porta do quarto onde a vítima residia. "Eu tinha uma grande marca de mão não humana, queimada em minha porta do quarto na minha antiga casa”, fala.

Apesar do norte-americano ter buscado ajuda dos profissionais da MUFON, ele revela que antes de contatar os ufólogos, procurou auxílio de um padre católico. Contudo, o religioso teria ignorado o ‘pedido de socorro’.

O sujeito ainda enfatiza ser assombrado pelo ‘maligno’ desde criança. Porém, salienta que a atividade paranormal tem se intensificado com o passar dos anos. “À medida que envelheço ele [demônio] está ficando mais e mais agressivo”, relata aos pesquisadores.

Além das perturbações físicas em objetos inanimados, a vítima também confidencia ter sido violentada pelo misterioso ‘espírito do mal’.

Publicidade

"Eu acordei com grandes hematomas e vergões, muitas vezes em formas ou padrões geométricos”, revela.

O homem reporta que além do demônio perturbá-lo, a criatura também demonstra tendência a atacar pessoas ligadas a ele.

Na confissão endereçada à MUFON, o indivíduo fala que amigos foram empurrados das escadas por uma ‘força invisível’.

Na percepção do americano, que diz não saber como se livrar do ‘encosto’, o diabo costuma passar longos períodos incógnito. "Ele vem e vai em longos períodos, mas uma vez que tenha feito a sua presença conhecida, e ele sabe que eu sei que ele está lá, as coisas ficam ruins”, declara.

Ameaças recentes’

O indivíduo relata que pouco tempo atrás enfrentou uma advertência velada da hipotética assombração.

Na ocasião, diz que o porta retrato da família fora derrubado da cômoda onde estava, sem que houvesse motivo para isso.

Todavia, quando ele foi arrumar o objeto, notou uma cena macabra. Ao pegá-lo para repô-lo no lugar, constatou que o seu rosto havia sido riscado da foto.

Publicidade

Assustado, o rapaz teria indagado os familiares (avós, mãe e tio) sobre eles terem feito alguma brincadeira com a imagem.

Entretanto, disse a MUFON que a família não tinha a mínima noção do que ele estava falando. Para o norte-americano, a culpa de seu rosto ter sumido do retrato é do demônio.

O sujeito ainda acentua ter tido dificuldade para dormir. Segundo o ‘assombrado’, ele grita e tem crises convulsivas durante o sono.

O homem também culpa o ‘tinhoso’ pelo sonambulismo recorrente. Ele frisa que acorda no meio da noite, destranca as portas de casa e vai para a rua. No dia seguinte, argumenta não ter lembranças do episódio.

Apesar do rapaz jurar estar sendo perturbado pelo ‘chifrudo’, não há provas contundentes capaz de respaldar as alegações proferidas por ele.

Porém, como diz o velho ditado castelhano: “No creo en brujas, pero que las hay, las hay”.

No momento, a MUFON analisa o caso. #Curiosidades #Viral #Internet