O mundo inteiro está surpreso com um caso raro na medicina. Uma criança nasceu com a cabeça e os braços do seu irmão siamês. Eles nasceram de parto normal e chocaram toda a comunidade médica.

O irmão siamês não tem órgãos genitais e nem as pernas. Os dois tem corações e pulmões separados. Porém, dividem o fígado e a corrente sanguínea.

Foi formada uma equipe médica para acompanhar o caso que aconteceu na Índia. Os médicos estão estudando a possibilidade de separar gêmeo parasita para que o menino possa ter a possibilidade de continuar a viver. No entanto, a cirurgia não é fácil e é bem demorada.

A mãe de 28 anos, não fez o pré-natal durante o período da gravidez, nunca fez uma ecografia para saber o estado do bebê e queria que o parto fosse feito na sua residência e não no hospital.

Publicidade
Publicidade

Hemlata Singh entrou em trabalho de parto no sábado (12), depois de passar o dia sentindo fortes contrações, mas não havia dilatação. O marido de Hemlata resolveu levar a esposa para o hospital Feminino Ummed, no Rajastão.

O médico obstetra responsável pelo parto, Anurag Singh, disse que é uma situação extremamente rara, em que o segundo bebê não se desenvolveu como devia.

“Mesmo tendo pulmões e corações separados, eles dividem a mesma artéria, o que torna a cirurgia demasiadamente complexa. Estamos fazendo todos os exames, estudando o caso e vendo a possibilidade da separação do gêmeo parasita. A possibilidade de salvar a criança é grande”, afirma Anurag.

No mundo, um em cada 500 mil nascimentos são de gêmeos #siameses. E isso acontece devido à grande demora na separação dos embriões no momento da concepção.

Publicidade

Enquanto um embrião começa a se desenvolver, o outro se sacrifica para que o irmão consiga continuar seu desenvolvimento naturalmente.

Segundo enciclopédia livre Wikipédia, casos como esses são extremamente raros, existem no mundo apenas cem casos registrado. Praticamente 100% nasce com anencefalia. E a cirurgia é o tratamento mais indicado.

Deixe seu comentário, sua opinião é importante para este site. #Curiosidade #Maternidade