De acordo com matéria publicada pelo site Daily Mail, do Reino Unido, a chinesa Cao Mengyuan, de 19 anos de idade, postou um anúncio desesperado em uma mídia social de seu país, onde propôs a venda de seu próprio corpo. O intuito da jovem era arrecadar dinheiro suficiente para realizar o tratamento médico de sua mãe, que além de câncer de pele, tem a saúde deteriorada.

O Daily Mail obteve essa informação através do site chinês QQ, onde foi revelado que o anúncio em questão foi feito no WeChat, um aplicativo para smartphones que permite o envio de mensagens instantâneas.

Cao anunciou a venda de seu corpo por 350 mil Yuan (pouco mais de R$ 163 mil), valor que corresponde ao custo do tratamento de sua mãe.

Publicidade
Publicidade

A chinesa afirmou na mídia social que quem oferecesse o preço mais alto garantiria o direito de "usar seu corpo à vontade".

Medida desesperada

O anúncio postado por Cao Mengyuan no WeChat  tinha o título "[Estou] me vendendo", e informava que a jovem nasceu e cresceu em uma casa rural na cidade de Gaozhou, localizada no sul da #China.

Cao também escreveu que sua mãe, Wu Zhaofang, de 45 anos de idade, foi recentemente diagnosticada com câncer de pele, sendo internada no Hospital Popular de Gaozhou. Infelizmente, a saúde de Wu está se deteriorando rapidamente, e uma infecção grave começou a se desenvolver em sua coxa direita.

Como a família não tem condições de bancar os custos médicos, Cao, que é a mais velha de cinco irmãos, propôs a venda de si mesma, e seu desespero em salvar a mãe acabou atraindo a simpatia de usuários das mídias chinesas.

Publicidade

Repercussão positiva

O caso também chamou a atenção de Huang Qiliang, fundador de uma instituição de caridade chinesa conhecida como Gong Yi Pai Ke, que ajuda a conectar doadores financeiros com pessoas que necessitam de fundos médicos.

Huang disse ao Daily Mail que visitou Cao e sua mãe no hospital no último domingo, dia 6, alegando ainda que um "empregador generoso" teria concordado em pagar todas as despesas médicas de Wu Zhaofang.

Quanto à questão da venda do corpo de Cao, Huang teria afirmado: "Foi resolvido. Ela não precisa vender nada agora". #Viral #Doença