Um carinho mais intenso pode resultar em um chupão no pescoço. Além da marca nada agradável, de acordo com um relato de um caso que aconteceu no México, o chupão pode ter consequências muito mais sérias. Há suspeitas de que um adolescente tenha morrido após ter levado um chupão da namorada.

Veja também: Homem com dois pênis fala sobre relação sexual e posta fotos; veja

Youtuber 'apalpa' seios de Marina Ruy Barbosa; veja vídeo

O que parecia inofensivo poder ser um grande problema. De acordos com os relatos dados no país, o chupão poderia ser causador de derrames e da morte. A situação estranha é rara, mas segundo a imprensa mexicana, pode acontecer.

Publicidade
Publicidade

O relato local diz que um adolescente, de apenas 17 anos de idade, morreu na cidade Do México. A namorada, que é uma moça de 24 anos, deu um chupão em seu pescoço e isso teria levado o rapaz à morte. Segundo eles, o chupão resultou em um acidente vascular cerebral, diz o The Independent. Assustada, a jovem sumiu após a morte do namorado.

Segundo informações da revista Time, o rapaz que faleceu se chamava Julio Gonzalez Macias. Como explicação, os profissionais teriam dito que o chupão levado pelo rapaz acabou causando um coágulo em sua corrente sanguínea.

Esse coágulo teria se deslocado até o cérebro do mexicano e levado a um derrame. Enquanto jantava com os familiares, Julio teve convulsões. Isso aconteceu momentos após ver a namorada. O rapaz faleceu logo em seguida.

Embora raro, estra não é a primeira vez que um chupão é suspeito de ter causado sérios danos em alguém, um caso na Nova Zelândia, aconteceu com uma mulher de 44 anos.

Publicidade

Ela também teve um AVC, mas deu tempo de ser atendida e sobreviveu.

 Neste caso, o primeiro sinal foi ter perdido o movimento do braço. No início o que ela tinha não foi identificado. Os médicos só teriam descoberto o AVC após notarem o chupão no pescoço, que pode ter formado um coágulo.

Esse caso foi publicado, em 2010, no New Zealand Medical Journal. Os médicos, na época, trataram o caso como um fenômeno raro. #sexualidade #sexo #Curiosidades