Um membro da tripulação do avião que transportava o timo da Chapecoense e jornalistas garantiu que sobreviveu por ter respeitado todos os protocolos de segurança que são aconselhados em acidentes de avião. Tal como informa o site “O Observador”, durante uma curta entrevista ao canal “Fox News”, Erwin Tumiriri revelou que as pessoas entraram em pânico total antes do momento do #Acidente, levantando-se dos seus lugares e gritando. “Eu pus a mala entre as pernas e me coloquei em posição fetal”, garantiu o comissário na entrevista.

Em um momento de pânico, por vezes, é complicado as pessoas conseguirem se lembrar do que estão aconselhadas a fazer e teria sido precisamente isso que aconteceu com a grande maioria dos passageiros do avião que transportava o time do #Chapecoense e o grande grupo de profissionais da comunicação que estava acompanhando o clube brasileiro no maior jogo da sua história, depois de terem conseguido subir três divisões nos últimos anos.

Publicidade
Publicidade

Contudo, com uma atitude completamente distinta da maioria, com um sangre frio que pode ter sido essencial para hoje ainda estar vivo, Erwin Tumiriri resolveu seguir todas as indicações que o ensinaram, aguardando pelo momento do impacto em uma posição fetal, enquanto muitas pessoas à sua volta estavam gritando e fora dos seus lugares, algo que é altamente desaconselhável para possíveis acidentes de #Aviação.

Como garante o site “O Observatório”, a aeromoça Ximena Suárez, outro membro da tripulação, relatou como foram os últimos momentos arrepiantes antes do impacto, revelando que, depois de as luzes se apagarem, não se lembra mais do que aconteceu. Apesar da causa ainda não ser completamente conhecida, as autoridades acreditam que o principal motivo para o acidente fatal está relacionado com uma falha elétrica grave.

Publicidade

Outras informações garantem que o avião estava perdendo muito combustível, não se sabendo ainda se o piloto estava fazendo de propósito, evitando assim uma explosão em caso de acidente, ou se também foi mais um fator que levou a esse desfecho trágico que abalou o Brasil e milhões de pessoas por todo o mundo.