Embora muitas pessoas comemoram aniversário no dia de hoje, 28 de novembro, a data também é celebrada como um acontecimento histórico para a ufologia do Reino Unido.

Neste dia, há 36 anos, um emblemático episódio envolvendo uma suposta abdução alienígena, foi relatado pelo ex-policial do condado de West Yorkshire (Inglaterra), Alan Godfry.

De acordo com informações do periódico britânico Express, durante o hipotético encontro com uma nave extraterrestre, na madrugada de 28 de novembro de 1980, ele estava em patrulha na pequena cidade de Todmorden, à procura de gados que haviam desparecido.

Determinado a encontrar os animais, o policial circulou por algumas estradas nos arredores da cidade, quando, de repente, avistou uma forte luz que, de início, supôs decorrer de um ônibus.

Publicidade
Publicidade

No entanto, quando o objeto se aproximou, Godfry percebeu que não era um ônibus, às 5 horas da manhã, mas sim “uma grande massa”.

Em declaração à imprensa, relatou que a estrutura tinha forma “oval difusa”, e que ela girava velozmente (em torno do próprio eixo) a poucos metros do solo.

Apesar de espantado com a insólita espaçonave, tentou desenhar o que vira, no bloco de notas. Porém, foi impedido por uma forte explosão de luz.

Após o intenso clarão, Godfry percebeu que estava dirigindo num outro trecho da estrada. Contudo, disse que retornou ao local onde o episódio aconteceu.

Segundo ele, apesar da área estar molhada, devido a chuva, uma forma “circular na estrada” não havia sido atingida pela água - como se algum objeto tivesse pousado sobre o local, impedindo que a chuva caísse sobre o chão.

Publicidade

No mesmo dia, retornou à delegacia, porém, não disse o que viu por medo de ser ridicularizado pelos colegas. Todavia, horas mais tarde, soube de um caminhoneiro que relatou ter notado um objeto “branco brilhante”, semelhante ao presenciado por ele, numa cidade próxima.

Também escutou que policiais da cidade vizinha foram chamados para atender uma ocorrência de ovni, depois de moradores falarem sobre um "brilho azul-branco brilhante", descendo na direção de Todmorden, no mesmo período em que Godfry presenciou a inóspita cena.

Ao tomar conhecimento de mais pessoas terem observado o fenômeno, ele escreveu um relatório oficial, que vazou para a imprensa e acabou sendo analisado por ufólogos.

O caso também repercutiu na grande #Mídia inglesa. Godfry chegou a ser entrevistado pela pelo famoso apresentador da BBC, à época, Frank Bough.

Regressão hipnótica

Intrigados com a história, pesquisadores convenceram o policial a se submeter a hipnose, no intuito dele lembrar o que havia acontecido.

Publicidade

O depoimento impressionou a todos.

Ao fazer o procedimento, contou que uma luz brilhante fez com que a viatura parasse de funcionar. Ainda acrescentou que o rádio e o aparelho de comunicação com a delegacia, estavam emitindo apenas estática (ruídos), antes da luz ofuscante o envolver, deixando-o inconsciente.

Depois disso, a situação se tornou ainda mais bizarra, quando, na sequência, se viu em uma sala ‘incomum’, na presença de um homem barbudo, chamado Yosef, de um cão preto e de pequenos robôs. Ele ainda acentuou o fato de Yosef tê-lo interrogado telepaticamente.

Conforme o Express, a 'abdução' ganhou as manchetes dos principais jornais ingleses, e ainda repercutiu em emissoras de TV. “Passou a se tornar um dos casos de abdução alienígena mais conhecidos do país”, destacou o jornalista Jon Austin (Express).

Entretanto, o acontecimento abalou emocionalmente Alan Godfry, que depois de passar por exames médicos e de saúde mental - que comprovaram a sanidade psicológica do sujeito -, resolveu abandonar a carreira policial.

Abaixo, veja uma entrevista (em inglês) de Godfry à BBC.

#Curiosidades #Viral