Um imenso buraco se formou no meio de uma rua, na cidade de Fukuoka, na região sudoeste do #Japão, causando enormes transtornos aos moradores da região e às pessoas que ali transitavam. Um cinegrafista amador gravou um vídeo do momento exato em que o asfalto é sugado para dentro da cratera, de mais de 15 metros de profundidade, de acordo com informações das autoridades locais. Ainda foi informado que o buraco possui 30 metros de comprimento por 27 de largura.

No vídeo, que foi logo disponibilizado na internet, veja que são formados dois buracos nas laterais da pista. É possível ver os postes e semáforos sendo sugados para dentro do buraco.

Publicidade
Publicidade

Logo em seguida, a parte do meio do asfalto desmorona. Os prédios e casas nas imediações tiveram que ser esvaziadas, já que o risco de explosões e novos desmoronamentos era grande, pois houve intenso vazamento de gás, no entanto, não há relatos de pessoas feridas. No momento do #Acidente, por volta das 5h da manhã (horário local) a rua estava com pouquíssimo movimento. Confira o vídeo:

O incidente causou inúmeros prejuízos à população das imediações, já que serviços como energia elétrica, água e gás de cozinha precisaram ser desativados na região próxima ao ocorrido.

As autoridades ainda não sabem exatamente o que aconteceu que possa ter provocado o desabamento na estrutura da rua, no entanto, como o buraco se abriu bem perto das obras da estação do metrô nos arredores, há indícios de que essa possa ter provocado o desmoronamento.

Publicidade

Há ainda relatos de que, naquela região, passam tubulações de água e esgoto, embaixo da estrada, que também podem ter provocado o desabamento.

Por mais estranho que possa parecer, acidentes assim não são difíceis de acontecer. Em agosto deste ano, 2016, um buraco de proporções menores, porém, com as mesmas características, também se abriu no meio de uma rua muito movimentada em Lanzhou, província de Gansu, na China, deixando duas pessoas gravemente feridas, além de várias outras pessoas, com ferimentos leves. #Cratera