A amizade é realmente uma coisa muito importante na vida das pessoas. No entanto, certos amigos é melhor manter distância e muita. Prova disso é um vídeo que ganhou repercussão nacional na China e que repercutiu nesta segunda-feira, 14, a partir do portal de notícias R7. A moça, que para variar não teve o nome identificado, decidiu fazer um barraco daqueles, quando descobriu que o seu marido era infiel. A casada, ate então, conversava sobre tudo com a tal amiga, até mesmo sobre a suspeita de que ele teria uma amante. A dita pessoa confiável era a pior mulher que essa esposa poderia confiar. O resultado de uma amizade terminou em uma humilhação de ambas as partes e tudo acabou caindo na internet.

Publicidade
Publicidade

A agora "pior inimiga" certamente não esquecerá o ocorrido tão cedo. A chinesa encontrou os dois amantes na cama de um motel. Ela teve a ajuda de outros amigos para dar o flagrante. Na cama, estavam os dois completamente seminus. Eles estavam no meio de uma relação íntima. A traída não teve dúvidas. Filmando tudo, ela deu uma grande surra em ambos. A traidora gritava muito e pedia perdão o tempo todo. A moça que teve seu marido com outra usou até um salto alto para acertar os dos. De acordo com o R7, ela estava com parentes no momento da ação. O homem infiel apanhou tanto que não sabia se protegia ele mesmo, ou então a mulher que levou para a cama do motel.

A descoberta teria sido através de um modo bem diferente

Em determinado instante, a chinesa enfurecida tirou as roupas íntimas da ex-amiga, deixando ela completamente vulnerável.

Publicidade

A reação violenta da protagonista das imagens foi muito apoiada nas redes sociais. "Tem que bater mesmo. Esses dois precisam de uma lição forte, para evitar que façam tudo isso novamente", alegou uma das pessoas. Não se sabe muito bem onde a gravação foi feita, mas a mídia local afirma que a chinesa começou a desconfiar de tudo por conta de publicações no Instagram. Isso porque sua colega de confidências não parava de curtir as fotos com o amante. #Crime