Uma adolescente loira que perambula pelas ruas da cidade italiana de Roma tem atraído a atenção das pessoas e da internet pelo seu comportamento polido e a incapacidade de se comunicar em italiano. Pessoas que entabularam uma conversação com a jovem afirmam que ela não aceita dinheiro e somente se comunica em inglês. Ativistas da Internet afirmam que ela é parecida com várias garotas loiras desaparecidas, incluindo Amanda Adlai, que desapareceu em Michigan, em 2008; Maria-Brigitte Henselmann, que foi sequestrada na Alemanha em 2008, e inclusive Madeleine McCann, desaparecida em 2007, em Portugal.

A polícia italiana já tentou identificar a jovem, que não tem passaporte nem carrega qualquer documento que possa identificá-la.

Publicidade
Publicidade

Moradores da cidade disseram que ela se chama Maria, mas a polícia informou que ela deu nomes diferentes. Os ativistas agora estão tentando identificar a adolescente para levá-la para casa no Natal. A organização "Missing persons of America" dedicou uma página de seu site à jovem que, supostamente, se chama Maria. De imediado, vários internautas pensaram que seria Madeleine McCann, que teria 13 anos nos dias de hoje. Madeleine desapareceu enquanto passava férias com seus pais na Praia da Luz, em Portugal, em 2007. A garota inglesa sumiu do quarto onde estava hospedada, enquanto seus pais jantavam com amigos no restaurante do hotel.

A adolescente que tem atraído a atenção dos internautas não carrega pertences consigo e tem vestido uma saia comprida e uma capa de chuva por semanas. O caso da menina de fala inglesa nas ruas de Roma apareceu no programa de TV italiana "Chi l'ha Visto" e teve repercussão mundial.

Publicidade

A ativista Lorena Kollobani, da ONG que busca as pessoas norte-americanas desaparecidas, expressou no Facebook suas preocupações sobre a jovem de fala inglesa nas ruas de Roma: "Eu não sei se ela é americana. Eu conversei com ela nas ruas de Roma e me parece que a menina tem problemas mentais". A ativista informou ainda que a menina não aceita dinheiro e tem muitos bons modos quando se senta à mesa para comer.

A organização "Houston for the missing" publicou no Facebook que a polícia italiana se recusa a identificar a jovem que só fala inglês e que já teria encontrado um lugar para abrigar a jovem.

#MadeleineMcCann