Megan Westlotorn, uma garota de 18 anos, estava com uns amigos no #McDonald's, de Salford, em Manchester, quando sofreu um ataque não provocado. A jovem está em Manchester faz pouco tempo, para estudar e ficou chocada depois de sofrer uma agressão violenta. Em causa, o ataque poderia ter sido motivado por xenofobia e discriminação, por a garota ser de Londres. A polícia procura reunir informações sobre o agressor, que depois de ter batido em Megan, acabou fugindo do restaurante.

Megan deixou Londres para continuar seus estudos em Manchester, e acabou sendo tramada por seu sotaque londrino, bem pronunciado. Como está há pouco tempo em Manchester, ela nunca tinha sentido na pele a rivalidade que existe entre as duas regiões inglesas.

Publicidade
Publicidade

Em Salford, no McDonald's em um início de tarde animado com amigos, a linda estudante conheceu essa rivalidade da pior maneira possível.

No restaurante, Megan tinha acabado de fazer seu pedido quando foi abordada por um desconhecido, que já teria estado fazendo perguntas sobre a garota. Ele começou falando normalmente com ela, até que perguntou se ela era de Londres, começando com insultos feios, assim que ela confirmou, pensando que não estaria dizendo nada que perturbasse o homem. Instantes depois, para terminar com esse sururu, Megan virou costas, acreditando estar colocando um ponto final nessa discussão, quando o homem estava proferindo os insultos mais feios sobre Londres e todos os londrinos.

Puro engano da jovem, porque minutos depois, o homem provocou novo confronto. Só que dessa vez, ele partiu logo para a #agressão e esmurrou a jovem estudante no rosto, dando alguns socos nela.

Publicidade

Com o susto e a força das agressões, Megan caiu no chão e ficou inconsciente por alguns instantes. Quando acordou, viu que estava deitada sobre uma poça de sangue, com várias pessoas tentando socorrê-la. Seu nariz estava quebrado e o sangue escorria no rosto. A jovem ainda colocou algumas fotos nas redes sociais, onde mostra suas roupas manchadas de sangue.

A polícia foi chamada no McDonald's, para investigar essa agressão. No entanto, o homem já tinha saído, logo depois de agredir Megan e continua sem ser identificado. Nesse momento, as autoridades estariam tentando descobrir informações, no sentido de descobrir quem é esse agressor, que teria sido motivado somente por uma rivalidade de regiões, agredindo essa garota, apenas por ser de uma cidade que ele não gosta. #A Gata