Um homem cuja identidade não foi revelada, morador de Normandia, Noroeste da França, herdou uma casa, sem saber que ela escondia um verdadeiro tesouro, 100 kg de ouro avaliados em € 3,7 milhões, equivalentes a R$ 12,4 milhões. Dentro da casa havia 5.000 moedas de ouro, duas barras de 12 quilos e 37 lingotes de 1 quilo de ouro.

O leiloeiro Nicolás Fierfort, contou ao Jornal de notícia francês AFP, que foi até a casa, que fica localizada cidade de Evreux, a pedido do atual proprietário, para avaliar e leiloar alguns móveis. Até então ninguém teria descoberto que lá existia um verdadeiro tesouro, e que estava muito bem escondido, em várias partes.

Publicidade
Publicidade

Na medida em que o atual proprietário mudava os móveis de lugar, as barras de ouro foram aparecendo. A primeira parte do tesouro foi descoberta, numa caixa parafusada, no interior de um móvel. A segunda parte ele achou em outra caixa com mais moedas, no lugar onde deveria estar uma garrafa de uísque.

O Herdeiro então resolveu vasculhar a casa por dentro e por fora, e quando começou a mexer no jardim achou enterrada uma pilha de barras e lingotes de ouro.

Feliz da vida, o herdeiro resolveu chamar um advogado para fazer um inventário de toda fortuna, contou Fierfort.

Documentos da família comprovaram que o ouro foi adquirido de forma legal. E foi comprado pelo valor de 3,5 milhões de euros, nos anos de 1950 e 1960.

Pelo estatuto de Leis francesas, o homem terá que pagar um imposto sobre a herança de 45%, e também terá que pagar os impostos referentes à fortuna caso, o ex- dono não tenha feito isso nos últimos 3 anos.

Publicidade

Essa região da Normandia é um tanto comum à descoberta de tesouros escondidos nas casas. No ano de 2011, três operários acharam moedas de ouro que estavam avaliadas em um milhão de Euros, que é equivalente a 3,6 milhões de reais, enquanto faziam uma obra no quintal de uma casa.

Os homens acharam na casa 16 barras de 1,5 kg e 600 moedas, que foram escondidas entre 1924 a 1927, no período em que acontecia a Segunda guerra Mundial.

Os operários então resolveram roubar, dividiram a fortuna, compraram imóveis e automóveis e retornaram para suas casas e foram presos e condenados a dois anos de prisão. #Curiosidades #Mundo