No início do mês, relatamos na Blasting News, o bizarro caso de um bruxo indiano, que havia esquartejado uma criança de 4 anos para oferecer o sangue dela aos demônios.

O ritual teria acontecido depois do curandeiro ser procurado por uma família, desejosa em encontrar o celular perdido da filha adolescente, de 14 anos. Na ocasião, a morte do bebê serviu de oferenda para os deuses indicarem onde o aparelho estava.

Agora, novamente outra situação semelhante é relatada. Contudo, dessa vez o assassino foi o pai, um praticante de magia negra que violentou os três filhos menores de idade, durante um suposto exorcismo realizado em uma aldeia de Myanmar, país situado ao sul da Ásia.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do jornal britânico Daily Star, edição de sexta-feira (18), Tun Naing executou os filhos, após desferir vários socos e chutes, no intuito de espantar o ‘demônio’, que, hipoteticamente, estaria sob o domínio da mente das crianças.

Porém, a barbárie não foi cometida de forma isolada. Segundo o Daily Star, a família de Naing compactuou com o #Crime, ao presenciar a horripilante cerimônia de esconjuração.

Embora a data exata da ocorrência não tenha sido reportada, o homem já está preso e sendo processado pela ação praticada.

Ao ser entrevistado pela imprensa local, Naing resolveu colocar a culpa no diabo, ao dizer que no momento do exorcismo havia sido possuído pelo ‘coisa ruim’.

"Eu fiz isso porque eu perdi o controle da minha mente naquele momento, quando o espírito escuro tomou conta de mim", declarou.

Publicidade

De acordo com o relatório da polícia, as vítimas, um menino de 3 anos, uma menina de 2 anos, e um bebê, tiveram os corpos perfurados, além de hematomas decorrentes de chutes e socos.

Na avaliação do tio do garoto morto, que também se chama Tun Naing, o assassino hipnotizou a todos durante o processo de esconjuração, ao incitar familiares e habitantes da localidade a fazerem um círculo, enquanto ele recitava encantamentos para expulsar o ‘maligno’ das crianças.

"Por causa do que ele fez todo mundo estava fora de sua mente”, disse o tio.

Caso seja responsabilizado pelo brutal espancamento, Naing poderá ser sentenciado à pena de morte.

Ao que parece, o verdadeiro ‘demônio’ é a mente sem controle. Para combatê-lo, basta um psiquiatra. #Curiosidades #Internet