O chinês, identificado apenas pelo sobrenome de Ji, sofreu um acidente de carro há um ano, e teve sua orelha arrancada na ocasião. Um cirurgião plástico resolveu criar uma orelha artificial, retirando cartilagem das costelas do próprio paciente, para que Ji tivesse o órgão novamente.

A orelha artificial foi implantada no braço do homem esta semana, para se adaptar ao organismo e pode se desenvolver completamente.

As imagens foram divulgadas nesta quarta-feira (9), pelo jornal regional People’s Daily, informando que o médico Guo Shuzhong, realizou a cirurgia no hospital da Universidade Xi'an Jiaotong, em Xi'an, na província de Shaanxi.

Publicidade
Publicidade

O cirurgião informou que irá transplantar a orelha do paciente na cabeça, dentre três ou quatro meses.

O chinês que perdeu a orelha, teria realizado diversas cirurgias após o acidente para recompor as bochechas e restaurar a pele de seu rosto. Mas o homem estava triste e frustrado por ter ficado sem a orelha.

Em entrevista ao China News, o homem afirmou se sentir incompleto. Porém, o homem descobriu que poderia ter o órgão de volta, através de técnicas inovadoras. Após conversa com diversos profissionais, se tranquilizou, pois soube que poderia ter o órgão restaurado através de métodos convencionais.

O Dr. Guo Shuzhong, é um renomado cirurgião plástico, ele foi responsável pelo primeiro transplante de face, que o correu em 2006. Após ser procurado pelo paciente em uma consulta médica, resolveu assumir o caso.

Publicidade

O procedimento cirúrgico foi divido em três partes principais. O cirurgião plástico e sua equipe primeiramente prepararam o braço do paciente, introduzindo um expansor de pele no antebraço direito de Ji. O segundo passo do procedimento foi retirar parte da cartilagem da costela do paciente, para que o órgão artificial fosse criado e logo em seguida implantada no antebraço de Ji. Essa etapa é um pouco mais demorada, pois é preciso esperar para que o órgão possa de adaptar ao organismo, e se desenvolver por completo. E a terceira e última etapa, consiste em retirar o órgão inteiramente crescido, do braço e transplantar para a cabeça do paciente.

A última etapa da cirurgia só será possível dentre 90 a 120 dias, porém, o médico está tranquilo e confiante, pois, segundo ele a parte mais difícil do procedimento foi realizada com sucesso, que seria o implante do órgão no braço do paciente (a segunda parte). #Medicina