António Núñez, de 79 anos, aposentado, perdeu a sua casa na passagem do furacão Otto, na Costa Rica. O idoso se recusou a deixar a sua casa, sem levar os seus quatro cães, considerados por ele membros da família.

O idoso falou o seguinte: "Eu morro com os meus cachorros, não ou deixá-los sozinho. Se os cachorros podem ir comigo, eu vou", disse ele ao jornal local "La Nación".

António Núñez sendo ajudado por um jovem que passava no local, que o levou para casa de um vizinho. Os #Animais passam a noite com um tutor, apenas um que ficou desaparecido e o idoso acabou encontrando no dia seguinte na região em uma casa abandonada.

Publicidade
Publicidade

A região onde seu António Núñez vivia era considerada de alto risco e a defesa civil já havia alertado. "Eu perdi tudo. Não sobrou roupa, não sobrou nada. Estou assim, na vontade de Deus e aguardando o que vem pela frente. As coisas se recuperam, a vida não", afirmou o idoso.

António Núnez recebeu ajuda de ONGs, que alugaram uma residência para o idoso morar durante 3 meses, enquanto a situação melhora. Segundo uma publicação de uma ONG, muitas pessoas se comoveram com o caso, com isso o idoso já recebendo as doações, além de rações para seus cães.

Um vídeo publicado no site da ONG, uma das funcionárias da organização pergunta a Núñez, como ele se sente em uma nova moradia. "Maravilhosamente tranquilo, obrigado por tudo" respondeu com um sorriso no rosto.

"A História é incrível porque tudo se resolveu com algumas horas de trabalho e esforço de muitas pessoas", disse Marilis Rocha Riba, presidente da organização.

Publicidade

Com a passagem do furacão na Costa Rica, foram provocadas ao menos nove mortes, deixando várias cidades inundadas no norte da Costa Rica e no sul da Nicarágua.

Passagem do furacão

O furacão Otto deixou mortos e desaparecidos em sua passagem pelo norte e o oeste a Costa Rica, segundo informou o presidente, Luís Guilhermo Solís. As autoridades locais ainda não puderam confirmar todos os relatos de pessoas falecidas ou desaparecidas. Em breve, os dados oficiais devem ser informados. #Cachorro #Mundo