Maria Delyukina tinha acabado de se formar dentista, mas resolveu regressar na faculdade para se graduar em medicina. Aos 23 anos, sonhava ser médica, mas esta bela russa tinha outros sonhos. Apesar de sua beleza, impossível de negar, ela não estava feliz nem com sua boca nem com o seu queixo. Por isso mesmo, resolveu mudar e ir em uma clínica privada, onde acabou por morrer.

Uma verdadeira tragédia marcou o final de vida dessa jovem estudante e está deixando algumas dúvidas e uma possível investigação poderia ser lançada, para que esse caso fique melhor explicado. Maria tinha somente 23 anos e não estavam conhecidos problemas de saúde.

Publicidade
Publicidade

A jovem beldade decidiu fazer uma cirurgia plástica no seu rosto, escolhendo para isso uma clínica em Volgogrado, na Rússia. Sua ideia seria aumentar sua boca e mudar o perfil do seu queixo. No entanto, a cirurgia nem chegou a começar, uma vez que a jovem não passou da anestesia. De acordo com o médico anestesista, Maria teria feito alergia a anestesia, sofrendo uma reação anafilática.

Na clínica, garantem que chamaram rapidamente os paramédicos mas que a jovem acabou por morrer antes ainda de chegar no hospital, apesar de todos os esforços feitos por esses profissionais. O médico negou qualquer negligência nesse caso e se limitou em endereçar suas condolências para a família da vítima. O nome da clínica está sendo, para já, protegido, uma situação que poderá não se prolongar por muito mais tempo, uma vez que poderá ser lançada uma investigação e mesmo uma ação judicial sobre esse caso.

Publicidade

O caso caiu nas redes sociais e são muitas as pessoas comentando essa tragédia. Muitos lamentam que uma menina tão bonita tivesse caído nessa ideia de mexer em seu rosto, para muitos "perfeito", enquanto que outros colocam mesmo em causa essas clínicas que aceitam fazer essas cirurgias, mas se negam em fazer outros exames, de modo a conseguirem realizar as cirurgias por menos dinheiro. "Uma menina bonita fazendo cirurgia desnecessária", lamentou um usuário no Facebook.

O médico responsável por essa cirurgia garantiu que foram realizados todos os testes, mas as autoridades preferem aguardar pelos resultados da autópsia para entenderem por que razão a alergia de Maria não ficou revelada durante os testes preparatórios, que teriam, alegadamente, sido realizados. #Russia #Cirurgia estética #Morte