Essa semana uma jovem chinesa, Cao Mengyuan, de 19 anos, tomou uma atitude controversa e desesperada, que causou alvoroço na internet. Ela teria se colocado a venda em um site para poder pagar o tratamento da mãe que está doente. A menina, que era a principal fonte de renda da família, ela ajudava a cuidar de seu pai e irmãos, se deparou com uma situação bastante difícil quando a mãe adoeceu. A mulher foi diagnosticada com câncer, e a renda da família não dava para pagar o tratamento médico e os dias de internação. Sem saber o que fazer diante do quadro dramático a jovem resolveu que iria vender seu próprio corpo na internet. Ela teria colocado um post anunciando a venda e um texto explicando a situação em que se encontrava.

Publicidade
Publicidade

Ela escreveu aos possíveis compradores, que quem tivesse como pagar a quantia que ela precisava poderia usá-la da forma como bem entendesse. O drama da jovem e a proposta indecorosa lançada por ela chocaram os internautas que se manifestaram diante do post. Para alguns, ainda que o cenário fosse bastante triste, a atitude da jovem não seria justificada. Contudo, outras pessoas se posicionaram dizendo que talvez fizessem a mesma coisa para salvar um parente querido.

As fotos colocadas por ela são bastante sofridas, e em nenhum momento ela aparece sorridente, percebe-se claramente que ela está sugerindo a venda do próprio corpo por pura necessidade. Ela escreveu que se a transação acontecesse, ela estaria disposta a trabalhar onde o comprador quisesse, que faria o que ele lhe pedisse para fazer, e que não voltaria atrás com a própria palavra.

Publicidade

Felizmente, ao invés de achar um comprador, ela encontrou diversas pessoas dispostas a ajudá-la. Um homem, que não teve o nome divulgado, resolveu pagar pelo tratamento da senhora. Não se sabe exatamente se houve troca de favores nessa negociação, mas ao que tudo indica, ele teria feito de forma a ajudá-la. A mesma jovem teria divulgado que a mãe está se recuperando depois de ter acesso ao tratamento e que poderá voltar para casa logo. Surpreendentemente, o que parecia impossível deu certo, e a menina conseguiu mobilizar pessoas para salvar a própria mãe. #Doença