Um jovem foi torturado, espancado e queimado vivo logo após ter sido acusado de ter roubado uma carteira. O caso causou uma revolta no mundo logo após o vídeo que mostra as cenas chocantes ter sido postado em redes sociais. O assassinato foi registrado no sábado (12), na cidade de Badagri, na Nigéria. Nenhum suspeito foi preso por ter cometido o #Crime.

Segundo informações do portal de notícias local “The Punch”, nas imagens o garoto parece ser um adolescente, mas não foi possível identificar a sua idade. De acordo com o portal, o jovem já era um velho conhecido dos moradores da região por praticar vários roubos na localidade.

Publicidade
Publicidade

Ainda segundo o portal, isso foi causando a ira dos moradores contra o garoto. No dia do assassinato o jovem tinha tentado roubar uma carteira de um morador. Ele foi perseguido e apreendido pelos moradores da comunidade.

No vídeo, gravado por um morador, o garoto aparece sendo espancado com chutes e murros, e algumas pessoas atiraram algumas pedras contra a vítima. Diante da situação o garoto grita por socorro. Nesse momento um líquido inflamável é jogado sobre a vítima. Logo em seguida um morador ateia fogo no garoto, que fica em chamas até morrer queimado. Conforme conta uma testemunha, o jovem estava acompanhado de mais três garotos, que logo após a tentativa de furto, fugiram do local.

Ainda segundo a testemunha, o adolescente estava tentando furtar a carteira de alguém, mas a vítima percebeu, o segurou e pediu ajuda para populares que vieram e o espancaram até ele desmaiar. Em seguida um homem jogou um pneu sobre ele e ateou fogo.

Publicidade

De acordo com o portal “The Punch”, devido à grande repercussão que o caso teve em mídia social, há pedidos de muitos por justiça.

Um inquérito foi aberto pelas autoridades locais para investigar o caso. O titular da polícia da região, Fatai Owoseni, prometeu que não vai medir esforços até que os autores do assassinato sejam identificados e presos.

Outro caso semelhante aconteceu no domingo (13), na cidade de Paranhos, distante 469 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. Segundo o portal “Campo Grande News”, foi encontrado um homem, com idade entre 23 e 30 anos, na beira de uma estrada. Segundo a polícia o corpo estava parcialmente queimado. O caso foi encaminhado para a delegacia de Paranhos e as causas da #Morte estão sendo investigadas. #Casos de polícia