Uma mulher de 25 anos acusou dois homens, de 22 e 24 anos, de #Estupro. A inglesa estava no #Dubai, onde teria conhecido os dois homens e tinha concordado em uma saída para beber um copo. A isso se seguiu algo mais, com a mulher terminando a noite com acusações de agressão sexual. No entanto, a polícia deixou cair as acusações depois de um vídeo ter provado que tudo não passou de uma mentira da mulher. Os três poderão, agora, regressar a casa, na Inglaterra.

Foi em outubro que uma turista se apresentou na polícia do Dubai, com uma queixa por alegada violação. Certa do que estava fazendo, ela entregou logo os responsáveis, também eles ingleses como ela, que ela teria conhecido no hotel.

Publicidade
Publicidade

A mulher tinha terminado seu casamento e decidiu tirar um tempo, sozinho, aproveitando para viajar. O alegado estupro correu o mundo, até porque as leis do Dubai são bem especiais em casos como esse. Mesmo em caso de abuso sexual, a mulher tinha logo que responder por ter relações sexuais fora do casamento.

Ela, por essa razão, e os dois homens, pelo eventual estupro, a verdade é que os três ficaram imediatamente proibidos de sair do país, até que a investigação avançasse para a resolução de esse caso. A jovem ainda causou alguma consternação, quando dirigiu uma carta aberta, no Facebook, para a sua família, onde dizia se sentir sozinha no país, depois de tudo o que tinha, alegadamente, passado.

A família e amigos elogiavam sua força e coragem para se manter de pé, com tudo isso porque estava passando.

Publicidade

Em sentido contrário, pareciam estar os dois jovens, acusados de estupro, que até apareceram em fotos, se divertindo com amigos, aproveitando a estadia no Dubai. Um dos rapazes joga futebol, em um clube de segundo escalão, na Inglaterra, e o outro empresário. Os dois são primos e vivem ainda com os pais, em casas luxuosas.

Depois de terem seus passaportes apreendidos, os três envolvidos nesse caso, podem regressar a Inglaterra, porque a acusação caiu por causa de um vídeo. Os rapazes gravaram vídeo do momento que passaram com a jovem e foi essa a prova-chave que acabou liberando eles. A polícia analisou as imagens, onde ficaria provado que a relação sexual foi "consentida pelas três partes".

A jovem vai agora regressar à Inglaterra, mas está sendo insultada nas redes sociais. No Facebook, algumas pessoas estão acusando ela de ter mentido para extorquir dinheiro dos rapazes. Outros viram seus comentários contra os jovens por terem filmado esse momento de maior intimidade, com a rapariga. "Portanto, a única forma de provar a inocência em um estupro, é filmando? Tristes tempos que estamos vivendo...", escreveu Gaur Tosa. #Justiça