Imagens registradas por um telefone celular mostram dois policiais, um homem e uma mulher, sendo violentados por um grupo de jovens estudantes, no Sul de Londres, na última quarta-feira (23).

O fato ocorreu em uma rua de Lewisham, na grande Londres, quando os policiais tentavam deter um rapaz que supostamente estaria armado com uma faca. Mas durante o ocorrido, cerca de trinta jovens, alguns de uniforme escolar, teriam se exaltado e atacado os policiais.

Nas imagens, podemos notar que os oficiais estavam em volta de um carro cercados por alunos e pareciam ter apreendido um rapaz e o pressionado contra um dos carros estacionados na rua, quando de repente os jovens que os cercavam começaram a bater nos policiais e arrastaram o oficial masculino para a calçada.

Publicidade
Publicidade

Depois começaram uma sequência de chutes e pontapés em direção ao homem que já estava no chão.

A policial tentava retirá-lo do local e o afastar para um local mais seguro, longe dos estudantes revoltados, mas ela também foi golpeada na mandíbula. Quando a violência cessou, o policial aparece nas imagens zonzo e permanece sentado no chão por alguns instantes.

Um homem que supostamente é funcionário da escola ajuda a apartar e conter os alunos. Alguns correm para outra direção, mas alguns permanecem no local. Muitos gritos podem ser ouvidos.

Por conta dos graves hematomas, o oficial foi levado a um hospital na região Sul de Londres. Um rapaz de 15 anos foi preso por ser o suspeito de ter lesionado o policial.

O que havia ocorrido antes

Os oficiais teriam se aproximado do grupo durante uma patrulha de rotina e teriam notado que um rapaz escondia uma grande faca.

Publicidade

Moradores da região disseram que a multidão tinha se reunido para assistir uma briga entre duas meninas, após mensagens divulgadas em mídias sociais.

Uma testemunha afirmou que os policiais estavam lidando com um rapaz, quando de repente todos se rebelaram, sendo que alguns alunos chegaram a chutar o policial. Ainda de acordo com quem estava pelo local, um sujeito de terno acalmou a situação até que carros da polícia chegaram ao local. #Crime #Casos de polícia