Na Holanda, o vídeo do momento mostra uma das formas de se lidar com o '#bullying'. Pode até não ser a mais recomendada e violência nunca deve ser resposta para nada. Apesar de tudo, esse momento aí prova que, por vezes, responder da mesma forma com que se é confrontado, pode mesmo dar certo. Um garoto estava sendo perseguido e agredido por um brigão, que estava claramente procurando por uma luta, e respondeu com um soco apenas. Um soco contra o 'bullying', que deixou o outro garoto 'KO'.

O vídeo começa com vários garotos, feitos valentões, seguindo um outro, que vai caminhando mais na frente. Um dos alegados brigões se aproxima do adolescente da frente e começa provocando.

Publicidade
Publicidade

Até esse momento, o jovem não reage e continua caminhando. Mas o agressor insiste na provocação, se colocando lado a lado com ele. Como continua sem ter reação, ele dá um pontapé no jovem. É no momento da primeira #agressão física que a vítima reage. Parando sua caminhada, ele olha o agressor nos olhos e lhe dá um empurrão no peito.

Momento que foi encarado com boa disposição pelo grupo de valentões, que os persegue e do qual o agressor fazia parte. Ficam rindo quando a vítima de 'bullying' enceta uma reação, mal eles imaginavam o que estava para vir. É que depois desse pequeno empurrão, ele desfere um soco de mão esquerda. O soco é tão audível, quão forte foi seu impacto no rosto do agressor. O garoto fica estatelado no chão, depois de esse soco, que deixa os colegas espantados. "Uhhhh", se ouve no grupo dos jovens que seguiam mais atrás, sem conseguirem esconder seu espanto, perante essa reação tão forte do jovem, que estava sendo vítima de 'bullying'.

O rapaz briguento fica caído no chão e parece ficar meio atordoado, sem perceber bem o que tinha acabado de acontecer.

Publicidade

Os colegas ficam do seu lado, mas continuam filmando, também sua reação de espanto. Um deles vai no encalce do outro jovem, e tenta tirar satisfações, em uma tentativa de defender o amigo. As imagens se perdem um pouco, no meio da confusão, mas ainda se vêem os garotos guerrilhando, até que ele acaba desistindo e o outro jovem, acaba indo embora, de cabeça levantada.

Quando ele já vai longe, alguns dos amigos do grupo dos brigões, ficam mandando algumas palavras, possivelmente de intimidação, na sua direção. Esta história está sendo muito compartilhada nas redes sociais, recebendo vários comentários elogiosos para a vítima, que virou agressor, para se defender. "É a melhor resposta contra o bullying", dizem alguns. "Uma das melhores sensações da vida é ver uma situação de bullying ser assim revertida", escreveu outro. "Você consegue escutar o som maravilhoso da próxima conta no dentista", comentou outro, brincando.

Assista ao momento em que o garoto responde para o agressor

#adolescentes