De acordo com informações disponibilizadas pelo site Daily Mail, do Reino Unido, uma mulher do Texas teria se revoltado tanto pelo fato de seu filho ter "votado" em #Donald Trump, que o teria colocado para fora de casa. O pior é que o tal "voto" nem chegaria a ter qualquer tipo de peso no resultado das eleições presidenciais dos Estados Unidos, uma vez que o evento era uma eleição de brincadeira, organizado pela escola em que o garoto estuda.

A mídia internacional, até o momento, não apresentou nem os nomes e nem a localização exata dos envolvidos no #Vídeo. No entanto, três fatos já foram divulgados: a cena se desenrolou no Texas, o menino aparenta ter entre oito e dez a nos de idade, e a própria mãe teria filmado toda a cena, enquanto "chutava" a criança para fora de casa.

Publicidade
Publicidade

Mandando o pequeno "republicano" embora

O vídeo divulgado, envolvendo o pequeno "eleitor" de Trump, começa no corredor de sua casa, com sua mãe lhe dizendo: "Como você votou em Donald Trump, você pode pegar suas merd*** e ir embora. A mala já está feita lá na porta".

De fato, é possível ver uma mala ao fundo da filmagem, e o garoto, ao olhar para o objeto, começa a ficar preocupado. Para o desespero da criança, a sua mãe continua falando, afirmando que a mala já estava feita desde manhã.

Na sequência, a mulher diz "adeus" e pede para que o garoto leve consigo um cartaz com os dizeres: "Minha mãe me chutou de casa porque votei em Donald Trump", para que todos saibam o motivo da expulsão do menino.

O garoto colapsa no chão do corredor e começa a chorar, mas sua mãe não tem piedade. Ela começa a ordenar que ele se levante, pegue o cartaz e saia.

Publicidade

Passado um tempo, a filmagem continua do lado de fora da casa, com o menino andando e carregando a mala, enquanto sua mãe diz: "Adeus amante de Donald Trump". Ainda chorando, o garoto se volta e comenta: "Mas eu tenho escola amanhã", ao que mulher responde: "Bem, você deveria ter pensado nisso".

Por fim, a mãe pergunta: "Por que você votou nele [em Trump] na escola?" Então o menino explica, inocentemente, que é porque o viu muito na TV.

O vídeo termina com a mãe voltando para dentro de casa, enquanto o garoto e seu irmão mais novo choram. Assista:

#Eleições EUA 2016