As redes sociais são públicas e podem levar ao apoio dos internautas ou iniciar uma grande discussão. Então, qualquer desabafo ou qualquer texto pode causar grandes discórdias. Foi o que aconteceu com essa #mãe americana, que publicou um texto sobre a nova namorada do seu ex-marido, gerando grande movimentação na internet.

O que aconteceu?

Audrey Nicole se divorciou do marido, que agora tem uma nova namorada. Audrey tem uma filha, e então esta nova namorada é #madrasta da criança. Em um #post, ela resolveu escrever o que pensa sobre a nova companheira de seu ex-marido. Porém, diferente do que muitos pensam, Audrey foi gentil com a mulher.

Publicidade
Publicidade

Ao invés de criticar a nova namorada de seu ex, ela lhe agradeceu por fazer companhia a sua filha quando ela está junto com o pai. No post ela mostra a foto da madrasta e diz "ela é a namorada do pai da minha filha. A pessoa mais doce!".

Audrey ainda diz que sente-se grata à mulher porque ela cuida de sua filha, dando comida, comprando presentes, tomando todos os cuidados necessários e sendo como uma mãe para a menina. Ela ainda questiona os motivos pelos quais as mães são "ruins" com outras mulheres, dizendo que elas deveriam entender que é difícil ser mãe de uma criança que não lhe "pertence".

Esta mãe ainda diz que uma criança pode ter duas mães e quanto mais amor ela receber, melhor. Ela sempre ficará feliz com a presença da madrasta. E pede "Mulheres, cresçam". Audrey pede que as mães sejam mais preocupadas com as filhas (ou filhos) do que com as redes sociais da namorada do ex.

Publicidade

Ela ainda fala que todas deveriam amar mais e odiar menos.

O post já foi compartilhado mais de 145 mil vezes e ganhou mais de 24 mil comentários, sendo que quase todos os internautas elogiaram a atitude de Audrey. Algumas madrastas comentaram dizendo que quase nunca são reconhecidas por serem boas para as crianças que não são suas filha; outras pessoas disseram que Audrey estava certa por buscar criar um bom ambiente para a família.

E você, o que achou dessa atitude? Você passa por alguma situação semelhante?