Nesta segunda-feira, 22, um vídeo bastante forte voltou a repercutir em todo o mundo. De acordo com um site de notícias, as imagens inacreditáveis foram gravadas em julho deste ano. O conteúdo começou a ser compartilhado em algumas páginas de conteúdo religioso, não demorando muito para que fossem também repartidas para todo o Facebook. Inicialmente, acredita-se que as imagens exibam uma mulher tendo uma possessão demoníaca. Uma câmera flagra tudo o que acontece, levando ainda mais espanto ao caso. Há quem não acredite neste tipo de fenômeno, mas fica impossível não dar atenção ao que se vê diante dos olhos. Por isso, o vídeo, que pode ser visto ao final dessa reportagem, seria a prova definitiva de que existe o sobrenatural.

Publicidade
Publicidade

As filmagens aconteceram em Aguascalientes, no México. O país de novelas vendidas a todo o mundo é muito religioso, tendo uma relação interessante com a morte. No dia de Finados lá, por exemplo, família fazem festas nos túmulos de seus parentes. No vídeo, a possuída está a usar uma roupa que já dá medo. Quem grava o conteúdo é um homem, identificado como namorado dela. Ele parece bem acostumado com esse tipo de fenômeno sobrenatural, já que enquanto grava tudo, ainda arranja um tempinho para comer biscoitos. Ele parece não estar afim de ficar com fome nesse momento digno dos filmes de terror.

A mulher, no entanto, começa a contorcer cada pedaço de seu corpo. Ela não tem qualquer controle sobre o que está a acontecer com ela. A mulher se debate nas imagens e seus olhos estão a perder a vida.

Publicidade

Ela realmente assusta até os que menos acreditam. Muita gente apenas se pergunta porque ninguém chama um padre ou um pastor para fazer o descarrego dessa moça. Ninguém sabe se ela ainda está acometida do demônio, mas que é bem capaz de que ela tenha iniciado sua salvação. E se você visse ou ouvisse um relato desse tipo, que recomendação daria afim de tentar melhorar as condições da mulher possuída? Comente e divulgue.

Veja abaixo o vídeo da mulher sendo possuída:

#É Manchete!