A mais polêmica e acirrada eleição da história recente norte-americana consagrou nesta quarta-feira (9) #Donald Trump, 70 anos, como novo presidente dos Estados Unidos. O temido e desafiador candidato #Republicano contrariou todas as pesquisas que davam vitória a candidata Democrata Hillary Clinton e surpreendeu o mundo. Trump conseguiu 289 votos contra 218 de Hillary. Com o discurso de devolver a 'grandeza à América' o polêmico candidato Republicano foi formando uma legião de admiradores com seu discurso conservador e atingindo o orgulho dos americanos. Se é segurança que os americanos querem, Donald Trump diz que pretende ampliar o poder militar dos EUA.

Publicidade
Publicidade

A política externa do novo presidente deixa claro que em primeiro lugar está a defesa do país e que seus aliados procurem investir mais em suas defesas. A ideia de limitar a imigração e intervir na competição estrangeira agradou os americanos.

Para a complexa economia americana, o presidente prometeu aumento de empregos e que penalizará empresas que deixarem o país, e que a preferência para empregos deve ser sempre primeiramente para os americanos. A redução de impostos para todos veio depois da polêmica taxação dos ricos, que acabou sendo tirada de sua proposta.

A Saúde está no plano de Trump, ele acredita que o emprego é o melhor programa social que seu governo poderá fazer, assim será possível que os americanos possam pagar suas despesas de saúde sem depender do governo.

Publicidade

Uma de suas primeiras iniciativas deve ser revogar o Obamacare (onde todo americano deve ter um seguro médico do governo), deixando de ser obrigatório contratar um seguro do plano para permitir maior competição entre as empresas de seguros privadas e fortalecer o "poder do mercado livre".

A vitória de Donald Trump fez o mercado financeiro mundial entrar em pânico na madrugada desta quarta (9), quando as urnas apuradas já anunciavam projeções de vitória do candidato. O discurso protecionista e opiniões polêmicas geram incertezas.

Republicanos também terão maioria no Congresso

Os Republicanos também levaram a melhor nas cadeiras do Congresso. O partido de Donald Trump conseguiu 236 cadeiras na Câmara e 51 cadeiras no Senado. Os representantes do partido Democratas levaram 191 cadeiras na Câmara e 47 no Senado. #Eleições EUA 2016