Relações entre alunos e professores costumam ser muito boas. Geralmente, todo mundo tudo tem uma boa história de escola, mas nada parecido com o que houve na cidade de Lousiana, nos Estados Unidos. Uma docente passava desapercebida em uma escola da região, até que toda a verdade em torno dela foi revelada e chocou toda a comunidade. A professora, na verdade, era uma sedutora. Com seu jeito meigo e sedutor, ela convenceu seus alunos a realizar uma lição diferente, criminosa. Ela os levou para cama. Identificada como Nicole Aymond, a profissional da educação era casada, mas agora está sendo acusada de molestar sexualmente três rapazes menores.

Publicidade
Publicidade

A mulher confessa o #Crime com dois deles e garante que o terceiro apenas queria ficar olhando eles tendo relações íntimas.

A situação ganhou repercussão em todo o planeta, afinal, envolve um dos artigos mais fundamentais para a sociedade, a educação. Nicole tem quarenta e cinco anos. No entanto, nem mesmo a diferença de idade com os estudantes, tampouco o fato de ser casada a impediu de ficar com os garotos. Ela faz parte de um grupo enorme de docentes que responde pelo mesmo crime, envolvimento com meninos menores de idade. Ao todo, seriam trezentas mulheres investigadas pela justiça dos Estados Unidos. A maioria possui provas contundentes contra elas, o que pode fazer com que não só essa professora, mas muitas outras ganhem a pior lição de suas vidas, passem uma temporada na cadeia.

Publicidade

A docente dava aula de educação física em uma escola americana, o que facilitou o contato mais íntimo com os rapazes. Ela até enviava fotos em roupa para eles. Boa parte das nudes foi divulgada na internet, o que fez com que uma investigação começasse e Nicole fosse descoberta. Nem todos toparam ficar com ela. A partir daí, as fotos dela foram virando um viral. O marido de Nicole, que trabalhava no mesmo departamento da escola onde houve o caso, disse à polícia que jamais imaginou uma vida dupla de sua esposa. Na cadeia, ela revelou que estava carente, mas ficou presa assim mesmo. #Investigação Criminal