Nos Estados Unidos, assim também como na Rússia e na China, é um dos lugares do mundo aonde mais acontecem bizarrices, mas, dessa vez, algo aconteceu em um lugar diferente. Em uma cidadezinha do #Uruguai, que se chama Flórida, foi encontrado no quintal de uma casa algo muito estranho. Dentro de um buraco, tinha o que mais parecia ser um tipo de ovo gigante, muito esquisito.

Só olhando as imagens iniciais, não conseguimos ter a mínima ideia do que seria aquela coisa. Afinal de contas, será que se tratava de um ‘ovo de E.T.?’. Era a pergunta que não queria calar e que estava na cabeça das pessoas que viam aquilo, pois era muito sinistro.

Publicidade
Publicidade

Muito intrigados, os uruguaios que foram até o local estavam curiosos para saber se tratava de algo sobrenatural ou de outro mundo. Mas não foi nem uma coisa e nem outra, o que eles acabaram descobrindo ao fuçarem é que se trata de uma relíquia pré-histórica.

Ao ver o que mais parecia ser um tipo de ‘casulo’, percebia-se sua aparência, que mais parecia ser um ‘abacaxi feito de pedra’ com um formato estranho. Isso levou a conclusão do que seria tal coisa, que depois de muito explorada, ainda apresentou ter um tipo de pescoço. E depois de retirado, o pescoço tinha grudado nele uma cabeça!

Ao pesquisarem melhor todo objeto que estava dentro do buraco, foi encontrada também uma cauda, o que conclui o que os pesquisadores estavam desconfiados: que se tratava de um esqueleto de #dinossauro. Era um ‘Gliptodonte’! Um tipo de dinossauro que era como um ‘Tatu’.

Publicidade

Segundo os especialistas, o Gliptodonte era um tipo de parente distante do Tatu que viveu na terra há mais de 10 mil anos, justamente naquela região, no sul da Argentina e no Uruguai. O animal chegava a pesar 1,5 toneladas e era muito grande.

O desenho ‘ A Era do Gelo’ tinha um Gliptodonte, caso as pessoas não se lembrem, ou seja, entre os cientistas, a espécie já foi estudada mesmo e existiu realmente. Agora, se é verdade ou não que as ossadas de um deles era aquela ‘coisa’, isso foi bem comprovado por aquelas pessoas que viram o tal ‘achado’ histórico, que por sinal, não era um ovo de E.T. 

#E.T.