Decolagens e aterrisagens de aviões foram suspensas no aeroporto Will Rogers, situado na cidade de Oklahoma (#EUA), capital do estado que leva o mesmo nome, depois de um tiroteio, ocorrido às 13 horas de terça-feira (15), resultar em uma vítima fatal, segundo informações da emissora NBC News e do jornal New York Post.

Durante uma conferência de imprensa, para explicar a confusão iniciada no estacionamento do aeroporto, o policial Paco Balderrama alertou para que todas as pessoas mantenham distância da área, pois, até o momento, o criminoso não foi capturado.

Ele também revelou a possibilidade de um segundo indivíduo ter se ferido no tiroteio.

Publicidade
Publicidade

"Neste momento, nós localizamos uma vítima e estamos procurando uma segunda vítima", disse.

Apesar dos policiais terem interditado o local, Balderrama ressaltou que não há informações sobre as características do suspeito, nem sobre o motivo do tiroteio. No momento, autoridades procuram uma ‘agulha no palheiro’.

Conforme o jornalista Chris Perez, quando os oficiais chegaram à cena do crime, encontraram um homem com ferimento a bala, no interior da garagem.

Segundo a NBC, o morto seria um funcionário da empresa Southwest Airlines, chamado Michael Winchester. Embora tenha sido encaminhado ao hospital, não sobreviveu aos ferimentos.

Devido ao fato da polícia local e do FBI suspeitarem que o atirador ainda possa estar escondido em alguma parte do Will Rogers, passageiros não foram autorizados a embarcar nos aviões.

Publicidade

Equipes táticas também foram flagradas na garagem onde a tragédia aconteceu, ao mesmo tempo em que um helicóptero sobrevoava o local.

Aeronaves também estão impedidas de decolarem ou de pousarem, até a confusão ser esclarecida. "Nós estamos pedindo a todos para ficar longe do aeroporto", enfatizou Paco.

Considerado o mais movimentado de Oklahoma, o Will Rogers conta com uma média de 150 voos por dia.

Até o momento, o autor dos disparos não foi encontrado. O funcionamento do aeroporto ainda continua suspenso. Também não há confirmação sobre uma segunda vítima. Em decorrência do repentino ataque, novas informações poderão surgir. #Mídia #Curiosidades