Uma #Tragédia abalou o #Mundo nessa madrugada de terça-feira (29), quando o avião que levava o time da delegação Chapecoense para a cidade de Medelín, Colômbia, caiu e matou 76 pessoas das 81 que estavam abordo, até o momento.

A aeronave LaMia, que já tinha 17 anos e era britânica, sofreu uma pane segundo informações divulgadas pelo portal espanhol Airfleets, e caiu próximo ao aeroporto José Maria Córdova, em Córdova, Rionegro.

As informações locais informaram que 6 pessoas foram retiradas do local com vida, sendo levadas para o hospital da região para atendimento. Das seis pessoas, uma acabou morrendo durante o trajeto e não teve seu nome confirmado.

Publicidade
Publicidade

Dentre os sobreviventes estão: os goleiros Danilo e Follmann. Um jornalista também está entre os que sobreviveram a tragédia, que até o momento levou 76 pessoas a morte.

A rede TV Caracol, informou que o avião sobrevoava as cidades colombianas de La Ceja e Abejorral, quando a 1h15 (horário de Brasília), perdeu o contato com a torre de controle, e devido a uma pane elétrica acabou caindo, em uma região montanhosa próximo a cidades.

Veja a lista dos jogadores e da Comissão técnica que estavam presentes no avião:

Jogadores:

Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;

Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;

Volantes: Josimar, Sérgio Manoel, Matheus Biteco e Gil;

Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela;

Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;

Goleiros: Danilo e Follmann.

Publicidade

Comissão técnica:

Treinador - Caio Júnior

Auxiliar técnico - Duca

Preparador de Goleiros - Boião

Preparador Físico - Anderson Paixão

Fisiologista - Cezinha

Médico - Dr. Marcio

Analista de Desempenho - Pipe Grohs

Fisioterapeuta - Rafael Gobbato

Imagens mostram o resgate dos passageiros, confira:

O lateral Alan Ruschel, que foi resgatado com vida, e levado para o hospital local

Images da ambulância que chegou ao local para socorrer as vítimas

A Chapecoense em nota no Facebook disse que reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, para então emitir uma nota oficial sobre o #Acidente. Confira a nota:

Nota: Segundo informações atualizadas do "Istoé", o goleiro Danilo não resistiu aos ferimentos e faleceu na San Vicente Fundación, onde estava junto com o goleiro Follmann.