#Donald Trump, presidente eleito dos #Estados Unidos, confirmou neste domingo (13) que fará um muro na fronteira com o México quando assumir a Casa Branca. A informação foi dada à emissora CBS. Ele acrescentou, porém, que em determinados lugares será feita apenas uma cerca. O magnata polemizou ao declarar, durante a disputa das eleições americanas, que os mexicanos pagariam pelo muro.

O presidente eleito disse ainda em entrevista que deportará cerca de dois a três milhões de imigrantes clandestinos com antecedentes criminais. Trump, em uma de suas promessas polêmicas, prometeu expulsar as pessoas que vivem ilegalmente no país.

Publicidade
Publicidade

Outra promessa seria acabar com o sistema de saúde criado pelo então presidente Barack Obama, o “Obamacare”. No entanto o bilionário voltou atrás e disse que é possível manter partes do sistema.

Protestos contra Trump

Os protestos contra Trump continuam a todo vapor no país. Entre os grupos que participam das manifestações estão os imigrantes, principais alvos do magnata. O final de semana inteiro foi de atos contra o bilionário. No sábado, 12, cerca de oito mil pessoas se concentraram em Los Angeles gritando palavras de ordem.

A surpreendente eleição de Trump

Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos nessa semana. A eleição do magnata surpreendeu o mundo e, principalmente, a imprensa internacional que apostava na vitória de Hillary Clinton. Diversos artistas de enorme influência nos EUA fizeram campanha pró-Hillary.

Publicidade

Portanto, a decepção de cantoras como Beyoncé foi ainda maior. A americana teria chorado após saber o resultado das eleições.

Um artigo da BBC Brasil argumenta que o Facebook foi o principal aliado de Donald Trump para a vitória nas eleições. Embora as revistas e jornais americanos tenham apostado na eleição de Hillary, a rede social ofereceu uma “maneira poderosa de levar a mensagem diretamente ao eleitorado. Ainda mais porque a campanha considerava a maior parte da mídia tradicional como hostil e parcial”, conclui a reportagem. #hillary clinton