Todos nós já vimos inúmeros casos de eficiência e comprometimento com os bens públicos em países desenvolvidos e o Japão sempre foi uma grande referência. Na última terça-feira (08) uma #Cratera gigantesca apareceu em uma avenida da cidade de Fufuoka, no #Japão. A imprensa local informou que a cratera tinha cerca de 800 metros quadrados e tudo foi consertado em impressionantes 48 horas, o local foi reaberto uma semana após o acontecimento, nesta terça-feira (15). Uma grande demonstração de eficiência por parte dos japoneses.

Trabalhadores da prefeitura estiveram de plantão durante o dia e viraram noites a dentro para consertar a via pública o mais rápido possível, além da dureza de tapar o imenso buraco, eles tiveram que consertar tubulações de água, fios elétricos que foram danificados, colocar novos semáforos e postes de luz que foram engolidos quando a avenida cedeu, asfaltaram e pintaram toda a extensão danificada da avenida.

Publicidade
Publicidade

As autoridades da cidade de Fufuoka, informaram que provavelmente a cratera tenha sido provocada pelas águas subterrâneas que passam por tuneis próximos a via, pois estava sendo feito a ampliação de uma linha de metrô, mas o prefeito da cidade, Soichiro Takashima, informou que uma comissão de especialistas será criada para esclarecer todos os fatos a respeito do motivo exato que levou ao aparecimento da cratera. Ainda segundo o prefeito, o solo da avenida está 30 vezes mais resistente.

O afundamento não ocasionou em nenhuma morte ou deixou pessoas feridas, apenas atrapalhou o trânsito, o funcionamento da eletricidade local e forçou a evacuação dos prédios próximos, pois havia o risco de desabamento.

Fufuoka está situada na costa norte da ilha de Kyushu, a cidade é a mais populosa da ilha de Kyushu e é a quinta maior cidade do Japão, com aproximadamente 1,4 milhões de habitantes.

Publicidade

A eficiência e experiência dos japoneses em lugares de forma extremamente rápida ficou clara em inúmeros episódios já acontecidos antes no Japão. Para quem não lembra, em 2011 uma estrada destruída em razão de um terremoto que arrasou o país foi refeita em apenas 6 dias. #Trabalhadores