Mais um caso chocante de #atirador assusta a população dos Estados Unidos. No início da manhã desta segunda-feira (28), um homem ainda não identificado invadiu a Universidade Estadual de #Ohio, campus da cidade de Columbus, e disparou contra pessoas que estavam no local, a maioria estudantes. Pelo menos 9 pessoas ficaram feridas durante o ataque e foram encaminhadas ao hospital. Uma delas está em estado grave, segundo informações da imprensa local.

O suspeito conseguiu fugir, mas logo foi morto pela polícia após troca de tiros. O campus foi isolado assim que o homem começou a efetuar os disparos. Em comunicado publicado na internet, a Ohio State University (OSU) usou as redes sociais na tarde desta segunda-feira para alertar seus alunos sobre o ocorrido.

Publicidade
Publicidade

As aulas foram canceladas no restante do dia e edifícios e dependências do campus foram esvaziados.

De acordo com o jornal The New York Times, o tiroteio ocorreu no prédio da faculdade de ciências e engenharia. Com quase 60 mil estudantes em seu campus principal, em Columbus, a Universidade Estadual Ohio é uma das maiores dos EUA. A polícia ainda permanece no local tentando encontrar pistas que possam ajudar a explicar o que aconteceu e buscando outros possíveis envolvidos. Há suspeitas de que havia outro atirador e que este ainda estaria solto no campus.

Testemunhas informaram que alguns alunos que estavam em aula no momento. Assustados ao ouvirem os tiros, eles fizeram barricadas para se protegerem dos disparos. O brasileiro Gustavo Stille, que é funcionário da Universidade, informou que assim que ouviu os tiros, ele e os colegas que o acompanhavam no momento conseguiram fugir do prédio em que estavam e se dirigiram a um bar próximo.

Publicidade

De acordo com informações concedidas ao site G1, Gustavo, de 29 anos, disse que nunca tinha passado por uma situação como essa, mas que teria recebido instruções sobre como lidar em ataques como esse. Ele afirma que o treinamento que recebeu ajudou a manter-se calmo para reagir e conseguir escapar. #EUA