Essa semana, uma operação inusitada da polícia acabou sendo resolutiva para a prisão de traficantes de drogas na área de Cornas, em Lima, no Peru. A situação foi armada para que os agentes conseguissem entrar na casa do traficante conhecido como Victor Pinto Carrasco, de 60 anos, e que comandava uma organização criminosa, cujos principais membros eram seus próprios filhos. A unidade antidrogas da polícia de Lima resolveu inovar, pois nunca tinha conseguido acesso à casa do criminoso. Para isso eles decidiram fantasiar um dos policiais de Papai Noel, para que não houvesse desconfiança por parte dos traficantes. Contudo, ao invés de presentes o ‘bom velhinho’ carregava em seu saco vermelho armas que foram usadas para poder invadir a casa.

Publicidade
Publicidade

Outros agentes também deram cobertura durante a operação. Os traficantes que estavam escondidos na propriedade há um tempo foram descobertos pela polícia e a ação elaborada para tentar invadir o local. Toda a movimentação foi filmada pelos próprios agentes que identificaram o líder da quadrilha e o prenderam. Durante todo o trabalho foram apreendidos quase cinco mil envelopes de pasta de cocaína. A droga estava dividida em três casas que se localizavam no mesmo terreno. Cada uma delas pertencia a um familiar do criminoso que utilizava a residência para controlar a produção e beneficiamento da pasta base.

Segundo informações dos agentes a droga era distribuída para outros grupos, criminosos e dependentes da região de Collique, uma área bastante pobre há poucos quilômetros de Lima.

Publicidade

Ao que parece toda a família se beneficiava do dinheiro vindo do tráfico, a atividade era o sustento do clã. O Peru é um dos países que mais produzem cocaína no mundo, e muitas famílias vivem do tráfico. Para o coronel Jorge Luis Ângelo, quem comandou a operação, as fantasias permitiram maior velocidade na invasão, uma vez que contou com o elemento surpresa. A entrada na casa do traficante foi feita mediante a uma autorização judicial, que já tinha expedido um mandado de busca para o criminoso. Nas imagens gravadas uma mulher, esposa de um dos bandidos detidos, reclama do abuso de autoridade, e ameaça a polícia mediante a xingamentos, o que não impediu as prisões. Agora todos os envolvidos ficarão detidos e à disposição da justiça.

#Crime #Investigação Criminal