Um tipo de #Crime está tirando o sono de milhares de pessoas que amam gatinhos e vivem em Londres, capital da Inglaterra: alguém está raptando #Gatos domésticos, matando e desmembrando os #Animais!

Só ao longo deste ano, policiais britânicos já encontraram mais de 100 gatos domésticos mortos e mutilados. Os crimes estão chocando a comunidade local, tanto que a sociedade britânica e entidades que protegem animais, cobram mais ação da polícia para identificar e prender o indivíduo que está cometendo esses crimes.

De acordo com um artigo publicado pela BBC, uma recompensa de £ 10.000 (dez mil libras), cerca de R$ 41 mil foi oferecido como recompensa para quem tiver informações que levem à prisão do criminoso.

Publicidade
Publicidade

Mas, até o momento, o serial killer de gatos continua anônimo. Além disso, não foi excluída a hipótese de que os crimes estejam sendo cometidos por mais de uma pessoa.

Alguém está perseguindo e matando os gatos de Londres

A maioria dos crimes tem ocorrido na região de Londres, Birmingham e Manchester. Ao que parece, animais domésticos são ‘raptados’, depois os gatos são mortos e mutilados. Policiais envolvidos na investigação afirmam que, na maioria dos casos falta uma pata, ou até mesmo a cabeça do animal.

Os corpos são deixados em locais geralmente visíveis, próximos a estações de trem, ou mesmo em frente das casas. Segundo o divulgado pela BBC, em setembro de 2015 pessoas começaram a postar em um grupo de animais informações sobre gatos encontrados mortos e mutilados. A princípio, a suspeita era que a situação estavam sendo causada por ataques de raposa.

Publicidade

Essa tese foi rapidamente refutada quando muitos animais começaram a aparecer com as mesmas características: mutilado e sem sangue, alguns animais são encontrados sem a cabeça. Além disso, os corpos dos animais são deixados em locais visíveis, o que para os investigadores é uma forma do criminoso chocar as pessoas.

Cartazes de gatos desaparecidos se multiplicam em diversas regiões da cidade, e entidades de proteção animal pedem para que donos de gatos não deixem seus animais saírem de casa.