Tudo era para ser apenas um show de entretenimento. Expectadores acompanhavam a um espetáculo na República da Chechênia, quando um dos bailarinos aparentemente levava um tombo no palco. Alguns acreditavam que ali estava se registrando mais uma das cenas do show, que mesclava dança, música e comédia. A plateia, sem saber do que se sucederia, ria e aplaudia muito o dançarino. Um #Vídeo que mostrou tudo exibe o público extremamente eufórico e divertido. O bailarino, entretanto, não encenava queda nenhuma. Ele sofreu um ataque cardíaco.

A vítima da morte em um momento inusitada foi identificada como R Khusainov. Ele tinha 48 anos de idade, quando morreu fazendo o que mais gostava.

Publicidade
Publicidade

Apesar do choque de ver um amigo morrer em plena enceração, amigos do dançarino já sabiam de seu retrospecto com problemas cardíacos. Ele estava atuando junto com a cantora Liza Akhmatova, que entoava um lindo cântico tradicional de seu país. A ideia era que Liza fizesse o show, enquanto Khusainov faria as coreografia de uma dança local, denominada Lezginka. No entanto, ainda no início do show, ele se viu de encontro com o próprio destino, vindo a falecer.

Após ver o amigo caído no chão, a cantora parecia despreocupada. Ela andou até à frente do palco e se colocou ao lado do corpo, que aquela altura já estava sem vida. Sem saber, a profissional da música até fez piada com aquela questão, dizendo que o amigo tinha desistindo de dançar. Ela, entretanto, toca em seu cadáver e percebe que ele está gelado.

Publicidade

Já nervosa, Liza enfim abandona o microfone e vai atendeu o colega. Segundo depois, pessoas de todas as partes entraram no palco e tentaram fazer o socorro do homem. No entanto, já era tarde. O dançarino já estava ali morto. Já a plateia, que antes ria e aplaudia, ficou em um silêncio para depois ficar apavorada.

Veja abaixo o vídeo que mostra o dançarino morrendo em pleno palco. Na sua opinião, houve demora em atender o bailarino caído, já que a queda dele não estava planejada? Deixe o seu comentário.

#É Manchete!