A polícia de Londres, a Scotland Yard, está divulgando a imagem de uma mulher, que poderia ajudar a resolver um caso chocante, que aconteceu no McDonald's. A imagem foi captada pelas câmeras de segurança do espaço, mas não é muito explícita. Porém, é a única possibilidade para a polícia chegar no suspeito de um ataque bárbaro sobre uma bebê de sete meses. O ataque teria sido feito por um jovem, em cadeira de rodas, auxiliado por essa mulher, que as câmeras apanharam, e deixou a bebêzinha com uma fratura craniana.

O caso choca, no momento em que um total desconhecida agride barbaramente uma bebê, de sete meses, que se encontrava nos braços da #mãe.

Publicidade
Publicidade

O agressor teria entre os 15 e os 25 anos, de acordo com algumas testemunhas, e estaria em uma cadeira de rodas, acompanhado por uma mulher, que estaria tomando conta dele. Ninguém conseguiu evitar esse ataque e a bebê acabou no hospital, para desespero da mãe.

A menina se recuperou bem e os médicos acreditam que a recuperação foi total e que não deixará marcas futuras. Porém, o susto provocado nessa mãe, é mesmo para sempre. Inicialmente, a mulher nem teria levado logo a menina no hospital, pensando que ela ficasse bem. Mas, com o dia passando, a criança foi piorando e teve mesmo que passar toda a noite, internada, em observações. A fratura craniana não foi muito grande, e a o relatória policial fala em "recuperação total".

A polícia pretende agora encontrar o agressor, de maneira a entender se ele agiu deliberadamente ou se teria algum problema mental que o levasse a cometer esse tipo de ato.

Publicidade

De acordo com as testemunhas que assistiram a esse ataque, ninguém os conhecia, mas descreveram o jovem, como parecendo asiático, e estava com gesso no seu braço direito. Sobre a mulher que estava empurrando a cadeira de rodas, eles falaram em uma mulher negra e de grande porte. Seria ela quem estaria tomando conta desse jovem, que teria entre os 15 e os 25 anos, de acordo com as informações recolhidas pelo jornal Mirror, no McDonald's.

As imagens das câmeras não seriam muito claras, mas dá para ver essa mulher, negra, e a polícia pede agora para quem conseguir ajudar a identificar essa mulher, que poderia ser determinante, nessa investigação. #McDonald's #Bebês