Uma verdadeira #Tragédia de Natal aconteceu na Irlanda. Toda uma #Família está em choque, depois de terem encontrado a bebê Margaret Alexandra Burke, de apenas cinco meses, sem vida. A menina estava bem horas antes, e os familiares nem queriam acreditar quando encontraram seu corpo sem vida, na manhã seguinte, uma morte que eles consideram que "veio do nada", sem que ninguém esperasse. Essa foi a segunda criança que morreu, na mesma família, no espaço de tempo de apenas um ano.

Bebê morreu um ano depois da prima

Margaret Alexandra ganhou o nome em homenagem a uma priminha que tinha morrido meses antes do seu nascimento. Alexandra tinha cinco anos quando não resistiu a um tipo raro de câncer, deixando sua família devastada, com sua perda.

Publicidade
Publicidade

Porém, a chegada de uma nova vida na família deu um novo alento para todos. Margaret nasceu seis semanas antes do tempo e, por ser prematura, teve alguns problemas de saúde no início, especialmente pulmonares.

A bebê esteve com dificuldades para respirar, e teve alta do hospital, dez dias antes do Natal. A família estava feliz e a menina parecia bem. No entanto, doze meses depois da priminha ter morrido, com câncer, essa família voltou a enterrar uma criança.

A bebê estava morta no bercinho, sem que nada o fizesse prever. Ela era a homenagem da prima, mas agora as duas menininhas se encontram perto uma da outra no mesmo cemitério.

Avô das meninas está arrasado

Walter Burke é a imagem da tristeza de uma família, que está revivendo todo o sentimento de uma dolorosa perda de uma criança. Depois de perder uma netinha, ele já teve que velar uma segunda, em apenas um ano.

Publicidade

Em declarações para o Irish Mirror, o homem revelou que isso "foi um choque horrível". Walter contou que viu a neta sorrindo na noite anterior e que ela estava muito bem. "Isso é inacreditável", chorou o avô enlutado.

Os resultados da autópsia poderão vir a revelar a causa de essa morte trágica, que apanhou toda essa família desprevenida. Os médicos ainda não avançaram com alguma possibilidade, se mantendo o secretismo sobre esse caso.

O padre David Casey teve umas declarações emocionantes durante o velório da bebê: "Nenhuma mãe espera viver a morte de seu filho. Lamento que a morte tenha chegado tão de repente. Lamento que seu coração esteja transpassado por dor ... e que a vida pode ser tão difícil". #Bebês