Exatamente a uma semana atrás, o avião que levava a equipe da #Chapecoense para disputar a final do campeonato Sul-Americano caiu e deixou mais de 70 mortos. Dentre os destroços do #Acidente, foi encontrada uma Bíblia que pertencia a um dos poucos sobreviventes, o zagueiro Neto. Durante o programa Conexão Repórter, o apresentador Roberto Cabrini, entregou o objeto religioso à esposa do jogador. A cena impactante já repercute em várias redes sociais.

O voo que ia rumo à Colômbia, levava a equipe de futebol e jornalistas que cobririam o evento, além da tripulação. Dentre os sobreviventes está o atleta Hélio Zampier Neto. O atleta levava em seus pertences uma Bíblia que foi encontrada durante a cobertura do programa Conexão Repórter sobre o incidente, pelo apresentador Roberto Cabrini, no local em que o avião caiu.

Publicidade
Publicidade

A 'Palavra de Deus' foi devolvida à esposa do zagueiro, que conta, durante um vídeo, que a Bíblia foi um presente dela ao jogador e que ele sempre a levava em suas viagens.

Detalhes sobre o incidente que levou mais de 80 pessoas a óbito

O avião que levava o grupo a Medellín para competir a final da Copa Sul-Americana saiu de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia, mas perdeu contato com a torre de controle do aeroporto, entre as cidades de La Únion e La Ceja. Segundo relatos, o avião não foi autorizado a aterrissar no aeroporto e devido a problemas no funcionamento e teve de remeter a um pouso forçado. O acontecimento se deu a cerca de 50 km de distância do destino.

Segundo o site Sport, aeronave, que já havia sido utilizada pela seleção argentina, era um modelo Avro Regional Jet 85 (RJ-85) que também é conhecido no mundo da aviação como Jumbolino.

Publicidade

A torre de controle da Aeronáutica Civil formulou hipóteses que indicam que o acidente teria sido causado por falhas elétricas, falta de combustível ou mau tempo .

O acidente repercutiu internacionalmente. Diversos outros jogadores fizeram homenagens em redes sociais e usaram camisas do time em partidas, assim como torcedores em toda a extensão do Brasil. #ForçaChape