Parece que o sonho americano ainda faz brilhar os olhos de muitos brasileiros, que enfrentam os mais desumanos trajetos, a fim de entrar na terra do ‘Tio Sam’ a qualquer custo. E é desta forma que as grandes tragédias acontecem, alertando para os querem tentar ingressar ilegalmente na América do Norte, que há um preço muito alto a ser pago, muitas vezes com a própria vida.

E na manhã de um domingo de Natal, recebemos com pesar a notícia que no momento há 19 pessoas desaparecidas ao imigrar através de uma travessia pelas Bahamas até Miami na Flórida. Segundo informação oficial do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o embarque ilegal iniciou no dia 06 de novembro, e a partir daí as famílias entraram em desespero por não terem qualquer notícia dos embarcados.

Publicidade
Publicidade

No barco estariam pessoas de Minas Gerais, Pará e Rondônia, e alguns já tem familiares nos Estados Unidos, como é o caso do Mineiro Renato de Araújo, que tem esposa e um filho de 04 anos vivendo nos #EUA. Segundo a irmã do rapaz, esta não seria a primeira vez que ele tentou, em uma outra ocasião ele fez o trajeto pelo México, mas não obteve sucesso, pois foi detido por 02 meses, seguido de deportação. Marcilene fala que além de Renato, ela tem mais 12 irmãos, e que a família está muito angustiada com o desaparecimento do rapaz.

Em contato com a emissora CBN, o Itamaraty informou que está acompanhando de perto o caso, que a embaixada brasileira está em contato direto com os familiares dos desaparecidos, autoridades americanas estão a par da situação e colocou a guarda costeira para fazer buscas por toda região do Caribe, em busca de indícios de um possível naufrágio, porém até a manhã deste domingo (25), nada foi encontrado.

Publicidade

O Itamaraty esclareceu ainda que a possibilidade dos brasileiros estarem detidos em algum estado americano, também não pode ser descartada, mas em todas as buscas feitas pelas autoridades do país e da embaixada brasileira, não há qualquer registro de entrada de brasileiros em qualquer penitenciária. #Imigração Ilegal #Brasileiros desaparecidos