Um novo vídeo de reivindicação foi lançado pelo Taliban e mostra uma família americana e canadense implorando por liberdade depois de quatro anos em cativeiro. O canadense Joshua Boyle e a americana Caitlan Coleman agora têm dois filhos, nascidos depois que eles foram sequestrados em 2012, em uma aventura de mochila no Afeganistão.

Autoridades do Taliban confirmaram que havia lançado o vídeo da família - realizado pela temida rede Haqqani, grupo guerrilheiro insurgente usando guerra assimétrica para lutar contra as forças da OTAN lideradas pelos Estados Unidos e o governo do Afeganistão. Maulvi Jalaluddin Haqqani e seu filho Sirajuddin Haqqani lideram o grupo, que opera em ambos os lados da fronteira entre Afeganistão e Paquistão.

Publicidade
Publicidade

As autoridades norte-americanas acreditam que o grupo esteja baseado na fronteira tribal do Waziristão no Paquistão. A rede Haqqani é aliada do Talibã.

No vídeo, o casal mostrou seus dois filhos pela primeira vez, Coleman, 31, estava grávida quando o casal foi capturado. Um porta-voz canadense disse que o governo estava revendo o vídeo, enquanto autoridades dos EUA não comentaram o caso.

Nas imagens, Coleman implora por um fim ao seu "pesadelo kafkiano" e faz crítica a ambos os governos, americano e canadense, e aos sequestradores do Haqqani. "Entendemos que ambos os lados se odeiam, mas peço pelos nossos dois filhos. Deixe-nos fora deste problema", disse ela. "Mas só podemos pedir e rezar para que alguém vá reconhecer as atrocidades que estes homens realizaram contra nós como a chamada retaliação na sua ingratidão e hipocrisia.", completou.

Publicidade

Duas autoridades do Taleban, baseados no Afeganistão, disseram à Reuters por telefone que o vídeo tinha sido publicado pelos insurgentes islâmicos radicais, que estão lutando para derrubar o governo apoiado pelos Estados Unidos em Cabul.

Eles disseram também que o vídeo veio a partir da rede Haqqani - uma filial perto do Taleban afegão - e que antes o vídeo havia sido entregue a funcionários dos #EUA e Canadá antes de ser postado no YouTube na noite de segunda-feira (19).

Eles disseram ainda que a rede Haqqani está exigindo a libertação de três dos seus membros - incluindo o irmão e o tio materno de Sirajuddin Haqqani, que é vice-líder do Taleban afegão.

Assista:

#Canadá #Mundo