Luta. Essa é a palavra que pode resumir o cotidiano de Grayson Smith, de três anos. O garoto tem uma doença terminal rara e já passou por vinte e quatro cirurgias no cérebro. Além de enfrentar os procedimentos cirúrgicos perigosos, ele está tendo fotos suas compartilhadas em tom vexatório no Facebook. Tudo começou quando Jenny, mãe do menino, decidiu abrir uma fanpage para contar a rotina do garoto. Não demorou muito que muitas pessoas se interessassem pela história dele e o conteúdo viralizasse. Algumas pessoas, no entanto, foram maldosas. Elas pegaram imagens publicadas e colocaram em outro contexto, zombando o rosto de Grayson.

"Essa é a cara que você faz quando..." virou uma modinha nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

O que muita gente não sabia era que realmente o menino das imagens - que tanto compartilham - teria uma doença e que, por isso, parece estar chateado nas imagens. Jenny não gostou de ver as fotos que zombam seu filho. Ela então começou uma luta para conscientizar as pessoas de não fazerem isso com a criança. A primeira atitude foi entrar em contato com as páginas que divulgaram o material. Algumas até pediram desculpas, enquanto outras, simplesmente, ignoraram o pedido de uma mãe aflita. Como as brincadeiras não pararam, Jenny decidiu agir de outra forma.

A mãe do menino zombado passou a dar muitas entrevistas e ir em programas de televisão para falar sobre a doença de seu filho e como essas brincadeiras a deixam triste. A família, da cidade do Alabama, nos Estados Unidos, explicou que o menor tem diversas doenças, como um defeito no coração, apneia, epilepsia e até uma deformidade no cérebro e em algumas partes da cabeça.

Publicidade

Os médicos chegaram a dar apenas duas semanas de vida para o menino, que continua até hoje.

Jenny garante que a criança, apesar de tanta luta e sofrimento, é bastante inteligente e que fica animada quando faz passeios em família. Ela revela que o menino adorou, por exemplo, conhecer uma plantação de abóboras e que ela tirou a foto desse momento para compartilhar com os amigos. #Crime #Internet