Segundo um noticiário internacional, o #Estado Islâmico ensina crianças a fazerem o trabalho sujo. Recentemente, os extremistas lançaram na internet um vídeo que mostra meninos de pouca idade executando prisioneiros de guerra. Enquanto estamos ensinando nossos filhos a estudar, o grupo terrorista ensina os seus a assassinarem pessoas. O arrepiante vídeo de nove minutos foi gravado em Raqqa, na Síria e não é adequado para jovens espectadores. A polêmica têm repercutido por toda a internet e deixando os usuários perplexos com a realidade nestes locais.

Um dos petizes ligados ao grupo identificado como Abu Al-Baraa Al-Tunisi, disse durante o vídeo: "O que está entre mim e você são dias que fazem os jovens se tornarem velhos", como ele muitas outros aprenderam desde cedo a ideologia islâmica.

Publicidade
Publicidade

A #criança termina dizendo "preparem seus caixões e preparem-se para compartilhar o destino desses homens". E como qualquer outro vídeo do grupo, eles apontam suas armas para as cabeças das pessoas e puxam os gatilhos sem piedade.

Bombardeiros suicidas cometidos por crianças

Suicidas estão atacando por todo o mundo. Casos de homens-bomba já ocorreram na Iraque, Síria, Turquia, França e Alemanha. Segundo a CNN, a polícia do Iraque impediu um garoto de detonar seu cinto imobilizando os seus braços, os policiais relataram que o menino tremia de medo. É provável que se o garoto tivesse escapado e acionado sua bomba, o que teria matado a todos que estavam perto, além de si. O mundo está cada vez mais preocupado com o alarmante crescimento de atos terroristas.

Há mais crianças extremistas do que se imagina

De acordo com um jornal online britânico, The Independent, há muito mais crianças integrando o grupo terrorista do que o mundo pensa.

Publicidade

O número exato de aprendizes ainda não é claro neste momento, mas se estima que são milhares. As crianças foram nomeadas pelos extremistas como 'filhos do califado'. Grande parte dessas são do Iraque e da Síria, mas também filhos dos incontáveis cristãos e prisioneiros que o bando matou. #Curiosidades