Três anos depois do grave acidente que colocou Michael Schumacher em uma cama de hospital, estão emergindo as primeiras imagens do campeão da Fórmula 1. Se desconhece ainda como essas imagens foram tiradas, mas elas estão sendo vendidas por um milhão de euros, na Europa. A polícia está investigando como elas foram tiradas, tentando descobrir quem conseguiu furar a apertada segurança da casa do ex-automobilista, em Genebra, na Suíça. #Schumacher está em casa desde setembro de 2014, já depois de sair do coma.

A porta-voz da família Schumacher não está dando maiores informações relevantes sobre o seu estado de saúde, recentemente. A alemã Sabine Khem pede para que os fãs entendam este secretismo e que estão fazendo isso para o bem do ídolo esportivo, o homem que foi sete vezes campeão do mundo de Fórmula 1, e que viu sua vida mudar depois de um trágico acidente de esqui, no dia 29 de dezembro de 2013.

Publicidade
Publicidade

A dez dias de que fiquem completos os três anos do acidente, não se sabe muito sobre o estado de Schumacher, apesar de recentemente se ter falado que ele estava evoluindo bem e que poderia mesmo regressar a uma vida quase normal. No entanto, essas informações não foram confirmadas pela família, nem por sua porta-voz. "O estado de saúde de Michael não é público e vamos continuar sem comentar", disse Sabine Khem a esse propósito.

Fotos à venda por um milhão

Apesar de todo o sigilo, nesta segunda-feira, 19, várias agências de notícias europeias receberam ofertas de #fotos exclusivas de Schumacher, em que ele apareceria na cama, na sua casa. As imagens seriam recentes e a investigação policial tenta encontrar o 'vendedor' das fotos, que estaria tentando fazer o negócio por um milhão de euros.

Publicidade

'Continue lutando, Schumacher'

Os fãs não estão recebendo atualizações sobre o estado de saúde do seu ídolo, mas, desde o dia 15 de dezembro, foi criado uma conta de Twitter oficial do germânico, e está sendo gerido pela sua equipe. O objetivo da conta seria o de apoiar essa lenda do esporte, com várias mensagens de apoio com a 'hashtag' #KeepFighting (Continue lutando, em português). A conta tem já mais de 19 mil seguidores, que estão torcendo pelo ídolo na sua luta mais difícil.

#Fórmula1