Um documento bizarro, exposto na mídia por meio do portal norte-americano Science World Report (SWR), na terça-feira (20), contém supostas informações sobre extraterrestres, UFOs e outros programas secretos, desenvolvidos ao longo das décadas pelo governo estadunidense.

Intitulado Projeto Pulsar, as 61 páginas do documento, disponíveis para baixar na #Internet através do endereço: (www.auricmedia.net/wp-content/uploads/2014/04/pulsar_project.pdf), supostamente foram reveladas por um cientista, cujo nome permanece anônimo.

Segundo o repórter Alex Davis, o conteúdo do manuscrito obtido por meio do diário pessoal do hipotético pesquisador, que alega ter trabalhado para o governo dos Estados Unidos por décadas, foi elaborado a partir do momento em que ele começou a investigar locais de acidentes de ovnis e formas de vida alienígenas capturadas, a mando das autoridades estadunidenses.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, o estudioso tinha a função de analisar características materiais e biológicas das naves e das entidades biológicas extraterrestres (EBEs).

Contudo, depois das autoridades descobrirem que ele estava anotando as pesquisas num diário particular, o homem acabou sendo marcado para morrer. Devido a esse infortúnio, conspirólogos dizem que o cientista teve de fugir para outro país (não revelado).

No documento vazado propositalmente a algumas pessoas, que fizeram o ‘trabalho sujo’ de expô-lo na internet, há diversas análises científicas, como a biologia e a linguagem das diferentes raças extraterrestres.

O arquivo, que pode ser acessado pelo link divulgado no segundo parágrafo desta matéria, mostra nove idiomas alienígenas, entre eles os falados pelas raças: Arcturianos, K'Thai, Nórdicos, Órion, Veganos, Greys, além de símbolos usados na comunicação universal.

Publicidade

O emblemático manuscrito também ensina fórmulas químicas para a fabricação de fármacos usados pelos alienígenas.

Ele ainda revela que os aliens são detentores de poderes psiônicos, que são a capacidade de projetar ilusões através do controle da mente dos indivíduos, além de criar ou reestruturar a matéria.

De acordo com a reportagem do SWR, o projeto secreto de controle da mente, MKULTRA, que teve início nos anos 50 e foi extinto na década de 60, nos Estados Unidos, teve como inspiração as análises documentadas pelo misterioso cientista.

Mesmo que não haja formas de verificar a autenticidade das anotações - apesar de haver fórmulas químicas que podem ser testadas em laboratórios -, em 2013, o ex-ministro da Defesa do Canadá, Paul Hellyer, falou durante audiência dos cidadãos para a liberdade de informações, em Washington DC, sobre diversas raças extraterrestres atuantes no planeta Terra.

Em 2008, outra figura influente, o ex-astronauta Edgar Mitchell, da missão Apollo 14, morto em 4 de fevereiro deste ano, revelou durante uma entrevista na rádio, a verdade sobre a existência alienígena.

Publicidade

Abaixo, veja os vídeos do ex-ministro da Defesa canadense e do ex-astronauta da NASA, todos com legendas em português.

Depoimento Edgar Mitchell

#Curiosidades #Viral