Foi anunciado nesta quinta-feira (29), pelo presidente americano Barack Obama, diversas sanções a Rússia. O governo americano afirmou que as sanções foram tomadas por causa de um processo de sabotagem as instituições eleitorais. Faz parte da media a expulsão de 35 agentes da inteligência russa, que se encontram instalados nos estados de Washington e San Francisco. Outra medida tomada pelo governo será o fechamento de dois complexos de inteligência russa, que se encontram instaladas nos estados de Nova York e Maryland.

Em sua declaração sobre as medidas, o presidente americano, Obama, informou que já havia alertado a Rússia em outubro deste ano, porém a Rússia seguiu em frente com ações de interferência ao processo eleitoral nos EUA em 2016.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o presidente americano, as exposições de informações durante o período eleitoral, assim como roubo de dados que interferiram nas eleições de 2016, só podem ter sido dirigido pelos agentes do governo russo.

Obama ainda acrescentou em seu discurso que muitos diplomatas americanos instalados em Moscou, vivenciaram este ano, um nível inaceitável de assédio, por parte das autoridades russas.

Em manifestação as sanções americanas a Rússia, um porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin, lamentou as medidas, e afirmou que vai considerar medidas de retaliações.

As sanções americanas puniram também nove entidades e indivíduos russos. De acordo com a Secretaria do Tesouro, eles conseguiram identificar dois russos que usaram meios cibernéticos para se apropriação indevida de fundos e informações pessoais.

Publicidade

Os Estados Unidos ainda pretendem prosseguir com esse processo de medidas contra a Rússia. Algumas serão declaras publicamente, outras, no entanto, serão mantidas em sigilo.

A Agência de Segurança dos Estados Unidos, também se pronunciaram sobre o caso, afirmando que o ataque cibernético por aparte dos agentes de inteligência russa, faz parte uma campanha antiga, cerca de uma década de investimento nessas operações em hackear o governo americano e seus cidadãos.

Obama afirmou que a administração de seu governo esta providenciando nos próximos dias, um relatório para enviar ao Congresso, no intuito de comprovar a tentativa intervenção russa na eleição atual, além de um comportamento cibernético indevido dos agentes russos nas eleições atuais e anteriores.

#Política