Bryony Freestone, de 19 anos, estava na Tailândia junto com a irmã gêmea, Sophie. As duas tinham chegado há pouco tempo no destino paradisíaco, onde pretendiam viver umas #Férias de sonho. Porém, tudo não passou de um sonho, que virou pesadelo, quando o corpo de Bryony apareceu na praia, depois de a jovem ter saído sozinha para um mergulho. A jovem estudante universitária procurava por umas férias, para descansar e se divertir com a irmã, mas as férias fora do país terminaram em grande tragédia.

As #Gêmeas são inglesas e viajaram para a praia de Koh Chang, procurando conhecer novas coisas. Sophie teria ficado ainda no hotel, enquanto que Bryony saiu cedo, para a praia.

Publicidade
Publicidade

Ninguém viu a menina sair mas, ela foi encontrada quando seu corpo regressou na areia. Alegadamente, Bryony teria dado um mergulho, sozinha, e acabou se afogando. Quando foi encontrada por um outro turista, a jovem já estava azul. Ele ainda chamou ajuda no hotel, e tentaram fazer reanimação, mas a verdade é que sua morte seria declarada pouco depois de ela chegar no hospital.

Na Inglaterra, o incidente de Bryony foi investigado mas a legista Anne Pember concluiu no Tribunal de Northamptonshire, que a morte foi "acidental". O caso não teria levantado suspeitas, e teria sido uma tragédia o que aconteceu nas vidas dessa família, nesse dia.

Família homenageia a jovem

A mãe das gêmeas fez um tributo para sua filha, contando como ela era especial, e como eles vão sentir sua falta. Fiona contou que sua filha sempre foi uma excelente aluna, com muita vontade de conhecer o mundo e que vivia sempre com um sorriso no rosto.

Publicidade

Também a irmã sentiu muito a perda da melhor amiga desde o primeiro dia. Sophie escreveu um post emocionado no Facebook: "Não há nada que eu não faria para ter você de volta - minha bela Bryon. Você era a pessoa mais vibrante, apaixonada, feliz que eu já conheci, entusiasmada com absolutamente tudo", contou Sophie, que também estava na Tailândia, quando a tragédia aconteceu.

O namorado, Kurtis, revelou como estava se sentindo depois de perder a "companheira e melhor amiga dos últimos três anos e três meses", contando que ela foi a pessoa que o ajudou a "ser melhor", apenas por a ter conhecido. #Tailandia