Nicola Urquhart não desiste de seu filho. Desaparecido desde uma saída à noite, em 24 de setembro, essa #mãe não desiste. Em tempo de #Natal, o coração está ainda mais apertado e ela está trocando tudo para continuar procurando, sozinha, pelo seu menino. O militar Corrie McKeague, de 23 anos, poderia estar em qualquer lugar, mas a investigação tem dúvidas que o jovem ainda esteja vivo.

Família pede ajuda com informações

A imagem foi compartilhada por Pippa Jones, na sua página de #Facebook, e mostra Nicola procurando por Corrie, uma luta da qual ela se nega a desistir. Nicola é mãe de Corrie, mulher e policial, mas desde setembro sua vida mudou com o desaparecimento do filho.

Corrie foi visto pela última vez às 3h20 da manhã de sábado, 24 de setembro, na rua, em Bury St Edmunds, Suffolk, na Inglaterra.

Publicidade
Publicidade

Desde essa hora, ele não voltou a ser visto e nem falou com ninguém mais. O alerta para o seu desaparecimento foi dado no dia seguinte, quando ele faltou ao trabalho. Desde aí, a vem polícia fazendo buscas. Família e amigos têm procurado por informações também por conta própria.

Procura por Corrie viraliza nas redes sociais

Nas redes sociais, existe muita união ao redor dessa família. São muitas as pessoas que estão até ajudando com doações de dinheiro para ajudar com as buscas.

No último sábado, 17, Pippa Jones colocou uma imagem emocionante em que Nicola está sozinha, no meio da floresta, procurando pelo seu 'menino', como ela faz questão de se referir a Corrie. Em pouco tempo, a imagem já tem mais de 25 mil compartilhamentos e milhares de reações. O objetivo de Pippa é que as pessoas possam compartilhar isso, na esperança que alguém reconheça Corrie e possa ajudar, ligando para os telefones indicados no post. Porém, Pippa escreve nesse post que Nicola está procurando por "uma pista de onde ele esteja ou, mais provavelmente, o seu corpo", deixando entender que são poucas as esperanças dessa família de encontrar o jovem ainda com vida.

Também no Twitter, várias pessoas vão compartilhando sempre essa informação, acreditando que o jovem possa aparecer, vivo, ainda antes do Natal.

Publicidade