O presidente francês François Hollande discursou nesta terça-feira, dia 20, após o atentado terrorista que deixou 12 mortos e 48 feridos em Berlim, capital da Alemanha, nesta segunda-feira, dia 19.

Em declarações dadas no palácio do Eliseu, em Paris, o governante francês prestou solidariedade à Alemanha. Ele também declarou que a #França está novamente enfrentando ameaças de possíveis ataques terroristas, mas afirmou que está trabalhando com os órgãos de segurança para evitar novos ataques.

"Enfrentamos um alto nível de ameaça, mas prometemos ter uma operação de segurança em grande escala", disse Hollande.

Ainda na segunda-feira, o mandatário francês já havia utilizado sua conta no microblog Twitter para oferecer apoio à Alemanha e à chanceler Angela Merkel.

Publicidade
Publicidade

O atentado de um caminhão em uma feira de rua de Berlim já é tratado oficialmente como #Terrorismo pelas autoridades alemãs.

Até o momento nenhum grupo extremista reivindicou a autoria do ataque, mas um homem de 23 anos e origem paquistanesa é visto como principal suspeito do atentado. #Europa