Kulwinder Kaur, de 22 anos, era dançarina e fazia um número de dança em uma festa de casamento, quando foi executada em cima do palco e na frente de todo mundo. O #Crime aconteceu em Bathinda, no estado de Punjab, na Ìndia.

O crime foi registrado por uma câmera que filmava o casamento, e gravava a apresentação de dança no momento em que tudo aconteceu. O mais chocante nesta história é o motivo para este crime bárbaro. Um homem que já estava embriagado, insistiu em subir ao palco e dançar com a jovem que se recusou a dançar com ele. Ele ficou inconformado com a recusa e deu um tiro na cabeça da moça no meio da apresentação.

Publicidade
Publicidade

Kulwinder Kaur, era casada e estava grávida, ela não resistiu ao ferimento na cabeça e morreu na hora.

Nas imagens registradas pela câmera, é possível ver Kulwinder Kaur e outras 3 dançarinas, fazendo a apresentação em cima do palco. Dá para perceber que todos se divertiam no momento da apresentação, pois como todo casamento indiano é regado de muita música e dança. O local estava bem cheio, e mesmo assim não inibiu a ação do assassino, que não se importou com o número de testemunhas e tão pouco se corria o risco de ferir mais pessoas.

No vídeo mostra as 4 mulheres dançando, e no meio da multidão surge o autor do crime com uma arma de cano longo e dispara contra a gestante, por ser uma cena forte o vídeo é interrompido no momento em que ela cai baleada. Mas na hora do disparo um homem que estava próximo chega a jogar a cabeça para trás com o impacto do tiro.

Publicidade

Quatro suspeitos foram presos, entre eles Sorte Goyal, que é o líder do partido político Sikh Shiromani Akali Dal (nacional democrata), é um dos principais suspeitos, e está preso também seu amigo Sanjay Goyal. Os outros dois suspeitos não foram identificados. A polícia encontrou duas armas, ambas pertenciam á Sanjay, porém Sorte que estava segurando uma delas, como é possível ver no vídeo. Uma dessas armas foi a utilizada para cometer o homicídio.

O marido da vítima ainda muito abalado, Rajinder Singh, informou para a imprensa, que sua jovem esposa estaria grávida de 3 meses. E que um grupo de homens bêbados, queriam subir ao palco, para dançar com as garotas, além da recusa delas, um homem da equipe não permitiu que subissem ao palco. Até que com raiva um deles disparou contra sua esposa matando-a.

Confira abaixo i vídeo com as imagens:

#Investigação Criminal