Uma mulher, de 25 anos, estava dançando em um #Casamento quando foi alvejada por um dos convidados. Kulwinder Kaur estava dançando, com três outras mulheres, quando foi baleada na frente de todo o mundo. O incidente trágico aconteceu em Bathinda, no estado de Punjab, na Índia, e a polícia já deteve quatro suspeitos por esse crime bárbaro. O momento foi filmado por uma das câmeras que estavam registrando esse casamento, depois de colocado na Internet, já se tornou viral.

No #Vídeo, se vêem quatro mulheres dançando sobre um palco. Tudo parece bem animado, até que, do nada, se vê um homem pegando em uma arma e disparando contra o palco.

Publicidade
Publicidade

O vídeo foi cortado nesse momento, mas as testemunhas contam que a mulher, Kulwinder, caiu logo no chão. A jovem de 25 anos sofreu morte imediata, depois desse disparo, de acordo com o depoimento das testemunhas presentes.

Alegadamente, o homem teria disparado porque elas não permitiram que ele subisse no palco para dançar com elas. Essa desfeita que elas deram para ele, que estava já embriagado, foi o motivo que o levou a cometer essa loucura.

Apesar da presença de muitas pessoas em essa festa, e de até existir um vídeo do momento, a polícia ainda não conseguiu identificar o autor por esse crime. Para já, fez quatro detenções de possíveis suspeitos. Um deles é o líder local de um importante partido político da Índia. Lucky Goyal é líder do partido nacional democrata e é um dos principais suspeitos.

Publicidade

Outro é o seu melhor amigo, Sanjay Goyal, enquanto que os outros dois suspeitos, que se encontram detidos, não têm suas identidades reveladas.

Rajinder Singh, o marido da vítima, revelou, entretanto, que a esposa estava #Grávida de três meses. O homem contou para a imprensa que um grupo de bêbedos estavam tentando se juntar as mulheres, na dança, e que um membro do staff não o permitiu, situação que os deixou irados. Com a raiva, um deles pegou na arma e atirou contra a grávida.

Porém, a polícia encontrou duas armas, a do crime e uma outra. As duas armas pertencem a Sanjay, mas Lucky é que estaria segurando uma delas, durante as imagens do vídeo. Sanjay também estaria com a arma, bem perto das mulheres. Por essa razão, os dois estão detidos e a investigação promete continuar. Não existem informações sobre o motivo para as outras detenções, dos outros dois homens.

Assista o vídeo: