Nesta última quarta-feira (21), as imagens de uma perseguição surpreenderam os internautas, depois que um veículo invadiu o Aeroporto Internacional de Kazan, na Rússia. O circuito interno de segurança do local gravou toda a ação do motorista que estava totalmente descontrolado, e saiu quebrando tudo dentro do aeroporto. Nas cenas é possível ver o carro ainda do lado de fora sobre a neve, tentando destruir a porta principal do local através de pancadas. Seguranças que faziam a ronda do aeroporto ainda tentam impedir que o homem entre com o veículo, mas ele não obedece às ordens e entra dentro da sala onde fica a esteira de malas do desembarque.

Publicidade
Publicidade

Com uma velocidade não muito alta o homem totalmente fora do controle começa a dar voltas pelo estabelecimento, e quebra diversas portas, cadeiras, terminais. Durante toda a perseguição, várias pessoas vão se juntando para tentar pará-lo, mas, no entanto, é impossível convencê-lo a deixar o veículo. A confusão só termina depois que o homem consegue sair por outra porta de vidro quebrada no outro extremo do prédio. Se não fossem os estragos cometidos, as imagens seriam cômicas, pois o carro em baixa velocidade não consegue ser parado por ninguém.

Segundo a imprensa Russa, o homem estava embriagado e declarou à polícia que cometeu o #Crime, pois uma amiga trabalha no aeroporto, e ele precisava convencê-la de que a ama. Depois de consumir muita bebida alcoólica ele teria se direcionado ao local para tentar encontrá-la.

Publicidade

A polícia foi acionada para tentar conter o carro desgovernado e conseguiu prender o homem já do lado de fora do edifício. Ele foi condenado a 15 dias de prisão devido ao ato de loucura e irresponsabilidade. Segundo os administradores do aeroporto houve quase quatrocentos mil em prejuízos pela quebradeira feita pelo inconsequente. Felizmente, ninguém se feriu durante a confusão, é possível ver nas cenas que diversas pessoas estavam sentadas aguardando o embarque no aeroporto. Agora as autoridades prometem aumentar a segurança, para que eventos como esse não ocorram novamente.

#Investigação Criminal